search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Corrida com barreiras
Painel da Folha de São Paulo

Corrida com barreiras

O Twitter vê a atual versão do projeto de lei sobre fake news que tramita na Câmara como ameaça à competição no mercado das redes sociais e à internet aberta.

Segundo Fernando Gallo, gerente de políticas públicas da empresa, o PL prevê obrigações que implicam em custos que podem ser absorvidos por organizações grandes, mas impactariam desproporcionalmente as médias, como o Twitter. A concorrência, a inovação e a liberdade dos usuários estariam em xeque, diz.

Disputa
“Vamos começar a chamar cada vez mais a atenção para o tema da importância da competição. Que, no limite, tem a ver com preservar a internet aberta como ela existe hoje. E como ela foi pensada. E que ela não se torne um local de apenas espaços entrincheirados”, diz Gallo.

Gastos
Entre os pontos mais polêmicos do projeto, e que gerariam custos às empresas, estão a criação de protocolos para que as plataformas solicitem documentos de identificação aos usuários, a determinação de que elas armazenem por até três meses os registros de mensagens encaminhadas em massa e multas de até 10% do faturamento em caso de descumprimento da lei.

Percurso
O projeto, de autoria dos deputados Felipe Rigoni (PSB-ES) e Tabata Amaral (PDT-SP) e do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), foi aprovado no Senado em junho. Na Câmara, foi objeto de debates, mas ainda não tem relator designado.

Interesse
No começo do ano, o Twitter excluiu postagens de figuras públicas que julgou que poderiam colocar pessoas em risco na pandemia. Nesse contexto, o presidente Jair Bolsonaro e seguidores tiveram tuítes apagados. Segundo Gallo, o Twitter não faz mais isso (hoje restringe os tuítes e coloca avisos) porque foi convencido de que existe “interesse público” no que dizem líderes.

Negócios...
Convertida em trincheira de guerra cultural por bolsonaristas, a Fundação Palmares receberá no ano que vem o valor mais baixo de recursos da série histórica nos últimos dez anos, em valores corrigidos pela inflação.

...à parte
A destinação de R$ 20,3 milhões prevista para 2021 representa perda de quase R$ 3 milhões em relação a 2020, e corresponde a 40% dos R$ 48 milhões de 2011. O deputado Ivan Valente (Psol) requisitou, via Lei de Acesso à Informação, os estudos que embasaram o corte.

Tchau
Marta Suplicy solicitou ontem desfiliação do Solidariedade. O pedido veio após a ex-senadora decidir se juntar à campanha pela reeleição de Bruno Covas (PSDB) contra a vontade do partido, que apoiará Márcio França (PSB).

Democracia
A ex-senadora tem dito que vê na candidatura do tucano a possibilidade de construção de frente democrática contra Bolsonaro. A Folha mostrou que Covas a convidou para coordenar um grupo formado por nomes que não são filiados a partidos.

Ficha
Marta filiou-se ao Solidariedade em abril. Ela foi prefeita, senadora e ministra pelo PT, do qual saiu em 2015 após críticas à então presidente Dilma Rousseff (PT). Entre 2016 e 2018 esteve no MDB.

Embate
A Justiça Federal deu razão ao MBL em disputa com Alexandre Frota (PSDB-SP) que se arrasta há três anos. O grupo e o deputado brigam sobre o registro da marca “Movimento Brasil Livre”.

Quem é?
Frota e um grupo de pessoas passaram a declarar em 2017 que eram os verdadeiros criadores da marca, o que era contestado pelos membros do MBL, grupo que já era conhecido por esse nome.

É Fake
Na sentença, o juiz Guilherme de Araújo, da 25ª Vara do Rio, disse que o registro de marca feito pelo grupo de Frota só teve o propósito de apropriar-se da fonte de recursos associada à marca e de viabilizar a candidatura de Frota por meio de desinformação. Ele determinou a anulação do registro da marca pelo grupo do deputado.

Agenda
O Direitos Já!, movimento da sociedade civil contra o autoritarismo, realizará amanhã um ato em celebração do dia internacional da democracia.

Eclético
Adolfo Pérez Esquivel, Geraldo Alckmin (PSDB) e Flávio Dino (PCdoB) confirmaram presença.

Tiroteio
“Tive que assistir três vezes ao vídeo do ministro Ricardo Salles para ter certeza de que não era montagem, pegadinha, deepfake”.
De Augusto de Arruda Botelho, advogado, sobre vídeo em que Salles, que já falou em “passar a boiada”, faz pose em cima de um carro de boi.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Com lupa

A Polícia Federal abriu um inquérito para apurar movimentações financeiras de Frederick Wassef, ex-advogado de Jair e Flávio Bolsonaro. A investigação tem como base documento de inteligência do Coaf …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Esquentai vossos pandeiros

Diante da liderança de Joe Biden na corrida presidencial norte-americana, congressistas dizem esperar que o democrata tenha “grandeza com o Brasil”, em caso de vitória. Jair Bolsonaro é um dos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Branquinho

O governador João Doria (PSDB-SP) desistiu da ideia de cortar 21% dos recursos do Vivaleite em 2021, revelada pelo Painel, e determinou que o investimento no programa de distribuição de leite para …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

“Allegro ma non troppo”

A queda brusca de Celso Russomanno (Republicanos) mostrada pelo Datafolha não foi celebrada pela campanha de Bruno Covas (PSDB). Ainda que o atual prefeito tenha assumido a ponta, a perda de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fogo cruzado

O cancelamento da compra da vacina chinesa por parte de Jair Bolsonaro irritou governadores e secretários estaduais de Saúde e uniu boa parte deles em um mesmo norte: na defesa pela permanência do …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

As eleitas

A revolta de mais de um terço dos candidatos a vereador do PSL em BH não se restringe à capital mineira. Além da ex-mulher de Marcelo Álvaro Antônio, que disputa uma vaga de vereadora e recebeu R$ …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vista grossa

Do mensalão à Lava a Jato, envolvidos em escândalos de corrupção de grande repercussão não receberam punições de seus partidos. A lista inclui Delcídio do Amaral (PT), José Roberto Arruda (DEM), …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Passa a régua

O desembargador Kassio Nunes tem hoje os votos de que precisa no Senado para se tornar ministro do STF. Levantamento feito pelo Painel com os 81 senadores mostrou que ao menos 44 dizem pretender …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Caldeirão: os casos de André do Rap e de Chico Rodrigues no STF

A inclusão rápida dos casos de André do Rap e de Chico Rodrigues (DEM-RR) na agenda do Supremo aponta que a gestão de Luiz Fux reservará boa parte das sessões do plenário para julgamentos criminais, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Calendário

A pressão sobre o Ministério da Saúde para firmar o compromisso público de comprar a vacina para coronavírus que ficar pronta antes vai ganhar reforço de senadores e deputados da comissão externa da …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados