search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Correios: Entregas de encomendas chegam a demorar 2 semanas

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Correios: Entregas de encomendas chegam a demorar 2 semanas


Carros dos Correios: paralisação provoca transtornos à população (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Carros dos Correios: paralisação provoca transtornos à população (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A greve dos Correios começou na segunda metade de agosto, e consumidores já encontram problemas para receber produtos. Há relatos de espera de pelo menos duas semanas.

O produtor audiovisual João Vitor Silveira Passos comprou uma peça para sua câmera digital em um site estrangeiro. O produto, oriundo de Hong Kong, demorou quatro dias para chegar ao Brasil, mas está desde o dia 1º deste mês parado em um centro de distribuição na Serra.

“Eu receberia o produto em Vila Velha. Ele já chegou no Brasil dia 27 de agosto, e veio de Curitiba até a Serra. Desde o dia 1º de setembro que ele está parado lá”.

O advogado especializado em direito do consumidor Guilherme Miranda Ribeiro explica que a demora é um descumprimento contratual, que por si só não causaria dano moral. Entretanto, por se tratar de um objeto que poderia criar riqueza ou ser utilizado em seu trabalho, seria possível entrar com uma ação por danos materiais.

“Cada tipo de entrega possui um prazo pré-definido. Em alguns casos, pode ocorrer o dano material. Um exemplo é quando a pessoa recebe com atraso determinado produto que geraria riqueza ou seria utilizado em seu trabalho. Isso tornaria possível cobrar uma indenização financeira, caso o cidadão consiga comprovar o dano”.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, esclarece que as empresas prestadoras de serviços e os Correios são responsáveis pelos atrasos e extravios na entrega das contas, correspondências e mercadorias.

Em caso de problemas, o primeiro passo é registar a reclamação na empresa, por meio dos seus canais de atendimento. Se a situação não for resolvida, a dica é registrar reclamação no Procon do município onde a pessoa mora ou na sede do Procon Estadual ou pelo aplicativo Procon-ES.

Privatização

O presidente dos Correios, general Floriano Peixoto, afirmou que o processo de privatização da estatal já está em andamento, sendo o mais indicado para tornar a empresa moderna. Já o ministro das Comunicações, Fábio Faria, revelou que gigantes do varejo estão entre os interessados na aquisição da instituição.

Outro lado 

Por meio de nota, os Correios informaram que estão realizando mutirões de entrega domiciliária e de entrega interna (retirada) de objetos postais para minimizar os efeitos da greve de parte dos empregados para os clientes.

Aliado a isso, colocou em operação um novo sistema de distribuição interna, que aumenta a capacidade dessa modalidade.
Destacou ainda que haverá atendimento hoje em algumas unidades para a retirada de encomendas.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados