X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Variante do Reino Unido circula em 65 cidades do Estado

| 22/03/2021 15:32 h | Atualizado em 22/03/2021, 15:50

Dados apresentados nesta segunda-feira (22) pela Secretaria de Estado da Saúde mostram que a variante B.1.1.7 do coronavírus, identificada pela primeira vez no Reino Unido, está circulando em pelo menos 65 cidades do Estado. O vírus, que pode ser até 90% mais contagiosa que outras variantes da covid, começou a circular no Estado em dezembro de 2020, mas já foi identificado em exames de novembro do mesmo ano.

Os dados sobre a variante foram apresentados pelo secretário de Saúde, Nésio Fernandes, e pelo Diretor do Laboratório Central do Estado (Lacen), Rodrigo Rodrigues.

Segundo a Sesa, os primeiros casos foram identificados em Barra de São Francisco, no Noroeste do Estado, e Piúma, no litoral Sul. As duas cidades são consideradas o "epicentro" da doença. Hoje, a variante circula em 65 municípios capixabas e saltou de 16 casos em dezembro para 943 em março.

Esta nova variante, segundo Rodrigo Rodrigues, tem acometido um número maior de pessoas mais jovens e tem potencial de letalidade até 61% maior que outras cepas da covid-19.

Cinco fatores tem contribuído para o avanço da doença no Estado: a não redução da interação social entre os capixabas, a relativização com o número de casos, negação da doença, baixa cobertura vacinal e o surgimento de novas variantes.

Além da variante do Reino Unido, outras 6 variantes circulam em território capixaba, dentre elas a P1, identificada no Amazonas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS