X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Suspensão de aulas presenciais no Estado a partir de segunda

| 17/03/2021 21:08 h | Atualizado em 17/03/2021, 21:43

Imagem ilustrativa da imagem Suspensão de aulas presenciais no Estado a partir de segunda

As medidas para reduzir a circulação de pessoas nas ruas no Espírito Santo começam a valer a partir desta quinta-feira (18). No entanto, no caso das aulas presenciais, a suspensão começa a valer somente a partir da próxima segunda-feira (22). 

Essa informação está no decreto do governo do Estado, publicado em edição extra do Diário Oficial (DIO-ES), nesta quarta-feira (17). Segundo o documento, a medida não se aplica apenas aos cursos na área da saúde e de formação inicial e continuada, como Polícia Militar e Bombeiros Militares. 

De acordo com o superintendente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES),  Geraldo Diório, o prazo é para as escolas se adequarem a mudança do ensino presencial para o remoto. 

"Esse é o tempo que as escolas das cidades, que estavam no risco moderado, vão ter para se programarem com as famílias. Quem já estava no risco alto, como Vila Velha e Serra, já estava tendo aula remota, no caso dos outros municípios, como Cariacica e Vitória, eles têm esse tempo para organizar", explicou ele. 

Quarentena

O governador Renato Casagrande anunciou, na terça-feira (16), medidas para o risco extremo no Espírito Santo, após a taxa de ocupação dos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 ultrapassar 90%. 

O chefe do Executivo decretou quarentena por 14 dias em todo o Estado. As medidas começam a valer nesta quinta-feira (18). 

Além da suspensão das aulas presenciais nas escolas, faculdades e cursos técnicos profissionalizantes, também está proibida a abertura do comércio não essencial, bares, postos de conveniência e shoppings nesse período. 

Os restaurantes, exceto aqueles nas margens de rodovias fora da área urbana, não podem receber clientes, tendo que funcionar apenas com serviço de delivery. 
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS