X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Prefeitura vai notificar criminalmente quem desobedecer isolamento social

| 02/06/2020 17:59 h | Atualizado em 02/06/2020, 19:40

Vista da cidade de Baixo Guandu
Vista da cidade de Baixo Guandu |  Foto: Divulgação Prefeitura de Baixo Guandu
Após uma série de denúncias de que pacientes que testaram positivo ou são suspeitos de ter a Covid-19 estariam descumprindo o isolamento, Baixo Guandu decidiu que vai abrir ação criminal contra essas pessoas.

A Secretaria Municipal de Saúde junto com a Promotoria de Justiça vai notificar quem não seguir as regras da quarentena a fim evitar a disseminação do novo coronavírus.

A prefeitura informou, por meio de nota, que a notificação que está sendo entregue para as pessoas com suspeita ou confirmadas do vírus é assinada pelo promotor de Justiça José Eugênio Rosetti Machado, com a advertência de que a desobediência à quarentena pode resultar em infração penal (artigo 268 do Código Penal).

O Ministério Público está advertindo sobre possibilidade de processo criminal a quem possibilita o contágio da Covid-19
O Ministério Público está advertindo sobre possibilidade de processo criminal a quem possibilita o contágio da Covid-19 |  Foto: Divulgação/Prefeitura de Baixo Guandu
A infração prevê pena de detenção de um mês a um ano mais multa "por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa".

A secretária municipal de Saúde, Terezinha Bolzani, explicou que essa atuação conjunta com a Promotoria pública tem como objetivo evitar a disseminação do vírus da pandemia, que tem aumentado e gerado preocupação em toda a comunidade.

"Temos recebido denúncias dando conta de que pessoas contaminadas ou com suspeita de Covid-19 estão circulando normalmente pelas ruas de Baixo Guandu, colocando toda a população em risco. Por esta razão, procuramos o apoio da Promotoria Pública, que prontamente nos atendeu na notificação conjunta a todas as pessoas contaminadas ou suspeitas da doença", informou a secretária.

Terezinha Bolzani considerou "absurda" a atitude de pessoas que, mesmo orientadas pela Vigilância em Saúde, insistem em circular pelas ruas da cidade, possibilitando o contágio e a disseminação do vírus. "Já existem casos dessa natureza constatados na cidade e a notificação visa acabar de vez com essa prática criminosa", ressaltou Terezinha.

A prefeitura informou também que, qualquer denúncia nesse sentido, pode ser feita pelo telefone do Disk- Aglomeração, através do número 99701-2805.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS