X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Prefeitura de São Mateus é notificada para impedir aglomerações em praias de Guriri

| 09/06/2020 20:32 h | Atualizado em 09/06/2020, 21:49

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) notificou a prefeitura e a Câmara de São Mateus para que adotem medidas para proibir a permanência nas praias, bem como na faixa de areia, do Bairro Guriri. 

O MPES requer que a Vigilância Sanitária, a Guarda Municipal e Posturas e a Polícia Militar sejam mobilizadas para fechar os acessos de ruas do balneário e dispersar frequentadores.

Além disso, para aumentar o isolamento social no balneário, o MPES reforçou que sejam adotadas as medidas de suspensão do consumo presencial em estabelecimentos comerciais e que sejam implantadas barreiras sanitárias nas entradas de Guriri.

Imagem ilustrativa da imagem Prefeitura de São Mateus é notificada para impedir aglomerações em praias de Guriri

O objetivo é restringir o acesso de pessoas não residentes no local que apresentem sintomas da Covid-19 e alertar a população para a importância de medidas mais restritivas. O balneário de Guriri registra 85 dos 306 casos confirmados de pacientes com a doença em todo o município de São Mateus.

O MPES informa que recebeu, no dia 5 de maio de 2020, uma manifestação da Ouvidoria da instituição que alertava para a intensa movimentação de pessoas sem máscaras nas praias do Bairro de Guriri e para a realização de festas no interior de residências e fluxos de turistas, “ocasionando aglomeração e intensificando os riscos de contaminação”. 

A notificação recomendatória inclui outras medidas para ampliar o isolamento social em todo o município, como a adoção de providências para dar conhecimento do uso obrigatório de máscaras fora do ambiente residencial, bem como do correto manuseio e descarte, além da necessidade de o grupo de risco permanecer em casa. 

O outro lado

Em contato com a reportagem, o secretário de Meio Ambiente do município, Ricardo Louzada, informou que a prefeitura estará instalando a barreira sanitária na entrada do Balneário de Guriri a partir de quarta-feira (10).

Isso porque, segundo ele, há uma previsão de chegada de um grande número de turistas na ilha durante o feriado. 

"A Guarda municipal, a fiscalização de posturas e a fiscalização ambiental estarão atuando no balneário em todo o feriadão para fazer cumprir as recomendações do MPES", afirmou ele. 

Ainda segundo Louzada, as medidas são necessárias devido ao grande número de casos que há no municípo. "Porém a população já vem fazendo sua parte: higienização constante das mãos com álcool gel, uso de máscaras ao sair de casa e distanciamento social", disse.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS