X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Praças são interditadas pela prefeitura em Iúna

| 11/06/2020 19:22 h | Atualizado em 11/06/2020, 20:05

Praça foi isolada
Praça foi isolada |  Foto: Divulgação site da Prefeitura de Iúna

Em uma tentativa de reduzir o número de pessoas nas ruas e a circulação do novo coronavírus, a prefeitura de Iúna, no Sul do Estado, decidiu interditar as praças da cidade. A medida começou a valer na quarta-feira (10) e vai durar até o final deste mês. 

O Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), mostra que Iúna tem 41 casos confirmados da doença e duas destas pessoas morreram em função do coronavírus. 

Os dados do site apontam que em um pouco mais de um mês a propagação do vírus aconteceu de forma muito rápida. Em 7 de maio, havia apenas dois casos na cidade. Pouco mais de 30 dias depois, são 41 infectados pelo coronavírus. 

A prefeitura justifica que o fechamento das praças se dá pela necessidade de aumentar o isolamento depois do aumento do número de casos.

No entorno das praças foram colocadas faixas de isolamento para evitar o acesso de moradores a esses locais. Um aviso de interdição também foi colado na faixa de isolamento. O acesso às quadras também foram bloqueados.

"É preciso tomar medidas cada vez mais restritivas para que o número de casos confirmados na cidade não cresça. A Prefeitura precisa do apoio da população para que permaneçam em casa e só saiam em caso de necessidade", informou a prefeitura em seu site.

De acordo com o Painel de Isolamento, da Sesa, Iúna tem média de 56,73% de isolamento social - acima do índice tido como ideal pelo governo que é de 55%. 

A cidade de Iúna tem 16 pessoas que já se recuperaram da covid-19. A taxa de letalidade do vírus é de 4,88%.

Serra

Na Serra, a prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços (Sese), apagou as luzes de campos e quadras do município com o objetivo de inibir os moradores a frequentarem esses espaços públicos durante o período de pandemia.

A medida, de acordo com a prefeitura, é para evitar que as pessoas se juntem nesses locais para a prática de esportes e, assim, reduzir a propagação do novo coronavírus.

Entre os locais que foram apagados estão a pista de bicicross, em Novo Porto Canoa; o Campo do Canarinho, em Feu Rosa; o Campo do Grêmio, em Parque Jacaraípe; entre outros campos e quadras de mais de 40 bairros da Serra.

"Não serão apagadas as iluminações de ruas e avenidas da cidade", garantiu a prefeitura.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS