Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pesquisador da Fiocruz diz que fim da pandemia se aproxima

Transição deve ser marcada por redução dos números de mortes e hospitalizações

Redação Tribuna Online, com informações do Jornal O Globo | 23/02/2022 14:48 h | Atualizado em 23/02/2022, 16:02

O pesquisador da Fiocruz e infectologista Julio Croda acredita que o fim da pandemia de Covid-19 está próximo. Segundo o médico,  estamos a caminho de entrarmos em uma endêmica. “Vamos entrar numa fase endêmica, com períodos sazonais epidêmicos, como já acontece com a gripe e a dengue, por exemplo”, disse em entrevista ao Jornal O Globo. 

No entanto, para o especialista, essa transição não significa que deixaremos de sentir o impacto da Covid-19 em internações e óbitos, mas que haverá uma redução desses número. “ O impacto vai ser menor a ponto de não ser necessário medidas restritivas tão radicais e eventualmente até a liberação do uso de máscaras, que é uma medida protetiva individual”, ponderou. 

Croda entende que os registros de mortes em decorrência da doença são o principal ponto de definição de mudança de fase de pandemia para endemia.  De acordo com o infectologista, a redução nesses índices só é possível com uma alta cobertura vacinal.

Entretanto, a dinâmica de transmissão e letalidade do vírus irá variar conforme cada país. Para ele, será possível termos um cenário positivo ainda esse ano. “Diversos países começarão de alguma forma, a diminuir as medidas restritivas, cancelando a obrigatoriedade do uso de máscaras, de manter distanciamento, de evitar aglomeração. Isso já acontece na Europa, depois da onda de Ômicron, todos os países flexibilizaram”, acrescentou. 

Nesse sentido, em relação ao Brasil, Croda acredita que é provável ver melhoras ainda no primeiro semestre de 2022.“Acredito que ainda neste primeiro semestre a gente tenha uma situação mais favorável, que seja possível de alguma forma, declarar que não estamos mais em emergência de saúde pública, por exemplo”, ressaltou. 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS