X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

No primeiro dia de quarentena, mais de mil lojas e bares são notificados por irregularidades

| 19/03/2021 17:18 h | Atualizado em 19/03/2021, 18:18

Restaurante vazio: perdas com a pandemia

No primeiro dia de quarentena, mais de mil lojas, bares e restaurantes foram notificados durante uma operação de fiscalização do decreto estadual de quarentena. A ação aconteceu em todo o Estado, nesta quinta-feira (18), e também notificou supermercados, bancos, parques e cultos religiosos.

Em coletiva de imprensa, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, tenente coronel Alexandre Cerqueira, informou que os alvos da operação foram todos os estabelecimentos que não tem permissão para funcionar durante o período de 14 dias de restrições, que teve início nesta quinta (18) e vai até o dia 31 deste mês.

Até o momento, de acordo com o material divulgado pelo Corpo de Bombeiros, não houve prisão, interdição ou multa em nenhum local fiscalizado. "Inicialmente, a fiscalização tem um tom bem mais ameno. É um movimento de orientação, conscientização e convencimento, até porque no ano passado as restrições foram diferentes", explicou o tenente coronel.

Segundo Alexandre Cerqueira, se o estabelecimento insistir em não cumprir as regras, mesmo sabendo de seus deveres e tendo sido notificado, a penalidade pode evoluir para cassação de alvará, multa, interdição do local ou até prisão.  

Em todo o Estado, nesta quinta (18), foram notificados verbal ou formalmente 1.133 locais que são:

  • 324 bares e restaurantes;
  • 55 supermercados;
  • 17 bancos
  • 641 lojas/comércio em geral
  • 62 parques
  • 33 Locais de cultos religiosos 
  • 1 residência

A operação foi realizada por equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Civil dos municípios, Postura Municipal e da Vigilância Sanitária de cada cidade, totalizando um efetivo de 712 pessoas. No total, foram aplicadas 570 advertências verbais e 53 advertências formais. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS