X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Nenhuma cidade apresenta risco extremo e "lockdown" é descartado nesta semana

| 13/06/2020 13:10 h

Confira o mapa de risco
Confira o mapa de risco |  Foto: Divulgação Governo do Estado

O governador Renato Casagrande disse em pronunciamento neste sábado (13) que "nesta semana, não temos nenhum município com risco extremo". Isto é, o "lockdown", bloqueio total com restrições rígidas de circulação e comércio, está descartado por pelo menos mais sete dias, uma vez que o próprio Casagrande já disse que as medidas de risco extremo só aconteceriam quando alguma cidade entrasse nessa categoria de classificação.

O governo do Estado atualizou o mapa de gestão de risco e, agora, 37 cidades possuem risco alto de contaminação, com a chegada de Divino São Lourenço. Essa classificação - que vai do risco baixo ao extremo - vai valer entre a próxima segunda-feira (15) e o domingo (21). Nenhuma cidade mais possui risco baixo.

As cidades com risco alto são: Afonso Claudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Divino de São Lourenço, Ecoporanga, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, Ibitirama, Itapemirim, Itarana, João Neiva, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mucurici, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.

Outras 41 cidades estão com risco moderado: Alegre, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivacqua, Brejetuba, Castelo, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Linhares, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Vila Pavão e Vila Valério.

A classificação das cidades leva em conta o coeficiente de incidência de casos confirmados nos municípios, a taxa de ocupação dos leitos UTI, os índices de isolamento social e de letalidade da doença, além do percentual da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco.

Mudanças

Casagrande anunciou em pronunciamento por vídeo que, a partir de agora, os municípios classificados no Risco Alto deverão manter as medidas qualificadas pelo prazo mínimo de 14 dias. Isto é: mesmo que uma cidade de risco alto apresente, no meio da semana, indícios de voltar a risco moderado, continuará sendo classificada como risco alto por um período de duas semanas.

A justificativa do governador é que assim, a classificação leva em conta o período de encubação da Covid-19, que é justamente de duas semanas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS