X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mosteiro budista em Ibiraçu ficará fechado durante a quarentena

| 19/03/2021 15:22 h | Atualizado em 19/03/2021, 15:47

Imagem ilustrativa da imagem Mosteiro budista em Ibiraçu ficará fechado durante a quarentena

Após o Governo do Estado decretar quarentena e medidas de restrição durante 14 dias em todos os municípios capixabas como medida de conter a pandemia da Covid-19, o Mosteiro Zen Budista e a Praça do Grande Buda ficarão fechada para visitação pelos próximos dois finais de semana.

Nas redes sociais, o mosteiro informou que a decisão foi tomada para evitar aglomerações no local, que recebe uma média de cinco mil pessoas durante o fim de semana.

"Pelo motivo da praça do Grande Buda estar aglomerando um grande número de pessoas nos fins de semana - uma média de cinco mil pessoas - e atendendo ao Decreto Estadual de 14 dias de quarentena, dado o recrudescimento da Pandemia, comunicamos que os dois próximos fins de semana (20 e 21 / 27 e 28 de março) a praça estará fechada para visitação", disse o comunicado.

Mosteiro Zen Budista Morro da Vargem
Mosteiro Zen Budista Morro da Vargem |  Foto: WILTON JUNIOR
O mosteiro fica localizado às margens do Km 217, da BR 101, na altura do município de Ibiraçu.

A quarentena, que começou nesta quinta-feira (18), trouxe medidas de restrições mais rigorosas em todo o Espírito Santo, que foi classificado como risco extremo de transmissão da Covid-19. Até o dia 31 de março, somente poderão funcionar serviços e atividades considerados essenciais.

Igrejas e templos foram orientados a priorizar missas e cultos online, mas poderão permanecer abertos porque a atividade é considerada essencial. As igrejas que não tiverem recursos para fazer transmissões online devem respeitar a ocupação de até 30% da capacidade, além de seguir as normas de higiene e uso de máscara.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS