Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mapa de risco deve colocar 36 cidades em risco alto de contaminação no Estado

| 05/06/2020 12:08 h | Atualizado em 05/06/2020, 12:32

O novo Mapa de Gestão de Risco, apresentado em reunião de prefeitos e governo do Estado na manhã desta sexta-feira (5), pode classificar 36 cidades com alto de risco de contaminação para o coronavírus. As outras 42 seriam de risco moderado e nenhum município apresentaria risco baixo.

Anteriormente, apenas 12 municípios tinham a classificação de risco alto para o contágio da doença. 

De acordo com o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), Gilson Daniel, todas as cidades com risco alto vão seguir as medidas publicadas nos decretos estaduais.

Profissional da saúde realiza teste de coronavírus
Profissional da saúde realiza teste de coronavírus |  Foto: Claudio Furtan/Dia Esportivo/Agência Estado

Algumas dessas medidas, já adotadas na Grande Vitória, por exemplo, são o rodízio do comércio e a mudança no horário de funcionamento dos shoppings.

Na reunião, foi discutida ainda a possibilidade de, nas próximas semanas, todos os municípios passarem para risco alto. A classificação de risco severo também pode vir a ser adotada. 

Por meio de nota, o governo do Estado informou que "o próximo Mapa de Gestão de Risco, que entrará em vigência a partir do próximo domingo (7), será atualizado com os dados consolidados até esta sexta-feira. Esclarece que o mapa apresentado na reunião com os prefeitos municipais foi uma projeção com os dados existentes, podendo sofrer alterações até a data de sua publicação. O novo mapa será apresentado ao público pelo governador Renato Casagrande em pronunciamento nesta sexta, às 17 horas".








                        
                            
Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS