Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mais uma escola no Estado suspende aulas após casos confirmados de Covid

| 13/03/2021 12:38 h | Atualizado em 13/03/2021, 12:51

Imagem ilustrativa da imagem Mais uma escola no Estado suspende aulas após casos confirmados de Covid

As aulas foram suspensas em mais uma escola no Estado, após serem constatados casos de Covid-19 na unidade. A Escola Municipal de Educação Básica "Prosperidade" fica na cidade de Vargem Alta, no Sul do Espírito Santo. 

De acordo com a prefeitura, as aulas presenciais foram suspensas na última quarta-feira (10). A medida tem validade de 10 dias e atende a nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) sobre as orientações para os estabelecimentos de ensino para o enfrentamento da pandemia.

"Enquanto durar a paralisação da referida escola, as atividades escolares serão realizadas remotamente, por meio das Atividades Complementares de Apoio Pedagógico (ACAPs)", informou a prefeitura. 

Nesse período, a Administração ressalta que também não haverá atendimento ao público e fica suspenso, ainda, o transporte escolar relacionado à escola paralisada.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Sedu), no levantamento feito entre os dias 1 e 7 de março, foram identificados 80 casos confirmados de Covid-19 em escolas do Espírito Santo. Os dados mostram que 41 alunos foram infectados pelo coronavírus e 39 profissionais do magistério. 

Na sexta-feira (12), a Vigilância Sanitária de Fundão decidiu suspender as aulas presenciais na Escola Estadual Professora Maria da Paz Pimentel, localizada no Distrito de Timbuí, após registrar dois casos positivos e outros 10 casos suspeitos da doença. 

Em Linhares, no Norte do Estado, outras três instituições tiveram aulas presenciais suspensas, também por registros de casos confirmados e suspeitos de Covid.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS