Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Idosos e grupo de risco vão tomar 3ª dose contra covid no Estado

| 17/08/2021 07:26 h | Atualizado em 17/08/2021, 07:37

Mulher recebe vacina: em Vila Velha, serão abertas 12 mil vagas nesta segunda
Mulher recebe vacina: em Vila Velha, serão abertas 12 mil vagas nesta segunda |  Foto: Dayana Souza/AT
Em solenidade em Cachoeiro de Itapemirim, na manhã de ontem, o governador Renato Casagrande anunciou que, possivelmente, o Estado vai adotar a aplicação da terceira dose da vacina contra covid para os grupos de risco.

“Sou defensor da terceira dose para os grupos de risco. Ouvi minha equipe técnica e todos concordam. Mas, antes, aguardamos o Ministério da Saúde concluir sua avaliação técnica”, explicou.

Para alcançar essa meta, ele afirmou que negocia com o Instituto Butantan a compra de novas doses. “Estamos tentando comprar mais vacinas. Conseguindo, e tendo a orientação clara de aplicação da terceira dose, vamos, sim, aplicar nas pessoas mais vulneráveis, nos grupos de risco, assim que sairmos desse sufoco da vacinação”.

Casagrande anunciou ainda que, se o Estado conseguir adquirir doses junto ao Butantan, pretende vacinar o público a partir dos 12 anos.

Para o governador, a ampliação da vacinação e demais ações do Estado e das prefeituras são responsáveis pela queda acentuada no número de mortes pela doença que, segundo ele, chegou a uma média 77 por dia e hoje está em sete.

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, pontuou ontem que todas as vacinas contra a covid-19 disponíveis atualmente no País irão precisar, futuramente, de reforço com uma terceira dose, inclusive a de dose única.

Nésio disse que o governo do Estado está avaliando a aplicação da 3ª dose especialmente na população idosa e imunossuprimida (com deficiência imunológica), que tomou a 1ª dose de janeiro a março, principalmente da Coronavac.
“Deveremos ter uma nova atualização sobre o tema, uma posição do Ministério da Saúde, e isso deve ocorrer ainda este mês ”, disse.

Variante

Preocupado com o avanço da variante delta no Rio de Janeiro, o governador informou que está pedindo aos municípios que intensifiquem a vacinação.

“Nosso esforço, esta semana, é colocar no braço dos capixabas todas as vacinas que estejam em estoque. Estamos trabalhando a partir de hoje (ontem) com os municípios para que deem ainda mais agilidade para impedir que uma nova onda da doença chegue ao Espírito Santo”, frisou Casagrande.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS