X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Hospitais preparam 174 novos leitos de UTI

| 03/06/2020 15:25 h

Leitos em hospital de campanha
Leitos em hospital de campanha |  Foto: Rogerio Santana/ Governo do Rio de Janeiro

Com a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) quase no limite (82,43%), hospitais preparam a abertura de novas vagas para tratar pacientes com o novo coronavírus no Estado. De agora até julho, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a previsão é de ter mais 174 leitos de UTI.

A última atualização no painel do governo revela que, dos 575 leitos de UTI, 474 estão ocupados. Já dos 624 de enfermaria, 388 também estão com pacientes, o que equivale a uma taxa de 62,18% de ocupação. Somadas as vagas de UTIs e enfermarias, a taxa de ocupação atinge 71,89%. Do total de 1.199 leitos, 862 estão ocupados.

A Sesa garantiu que a capacidade de oferta de leitos da rede privada não está esgotada, pois algumas unidades estão ampliando serviços. Um exemplo é o Vila Velha Hospital, que prevê inaugurar mais 70 leitos de enfermaria para ofertar ao governo do Estado.

O Hospital Evangélico de Vila Velha tem caráter filantrópico e aproximadamente 85% do atendimento é prestado aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A unidade tem 20 vagas de UTI exclusivas para os pacientes de Covid-19, sendo 10 leitos para o SUS, com 100% de ocupação. No momento, o hospital está adequando suas instalações para a abertura de mais 20 leitos de UTI exclusivos para Covid-19.

A partir do próximo dia 15, os beneficiários do plano de saúde MedSênior vão poder contar com um hospital na avenida Leitão da Silva, em Vitória. De acordo com o presidente da operadora, Maely Coelho, 29 leitos de UTI serão abertos em virtude da pandemia. “Adiantamos a abertura em 60 dias porque é o que o momento pede”.

A Rede Meridional possui 249 leitos de UTI adulto e infantil, sendo que, para pacientes com Covid-19, estão destinados 89. A rede tem 85% dos leitos voltados para coronavírus ocupados. Sobre o aumento de oferta, garante que tem avaliado essa possibilidade diariamente, de acordo com a demanda.

Nem todos os hospitais informaram a quantidade de leitos, sob a justificativa de que a Sesa é o órgão oficialmente responsável por repassar as informações referentes à pandemia, a exemplo da Unimed Vitória e do Hospital das Clínicas.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS