X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Homenagens para alunos de Medicina

| 16/06/2020 16:11 h

Os alunos Angelina, Thaísa, João Paulo, Alice e Maria  fazem parte do grupo
Os alunos Angelina, Thaísa, João Paulo, Alice e Maria fazem parte do grupo |  Foto: Fábio Nunes/AT
Em um trabalho voluntário, um grupo de 30 alunos de Medicina da Faculdade Multivix do 10º e 11º período estão atuando na linha de frente do combate ao coronavírus (Covid-19) em um hospital público da Grande Vitória.

Eles foram treinados e capacitados para auxiliar os médicos dentro do hospital e iniciaram esse trabalho voluntário há aproximadamente sete semanas.

Em reconhecimento ao voluntariado desses alunos nesse momento tão importante, a instituição de ensino pretende fazer uma homenagem, como honra ao mérito pelo papel que eles desempenharam durante esse tempo.

O coordenador do curso de Medicina da Multivix Vitória, Pedro Onofre, disse que a data da homenagem ainda não foi marcada por conta da pandemia.

Segundo ele, diversos alunos disseram que é impossível descrever a experiência e o quanto aprenderam nesse período.

“Os alunos encararam tudo de peito aberto e entenderam a importância de somar forças neste momento. A experiência foi tão positiva que outros estudantes foram inspirados a também contribuir neste momento crucial que vivenciamos”, conta o médico e professor.

Essa experiência foi descrita por Alice Martins, Thaísa Fasollo, Maria Ingrid Passamani e João Paulo Zanoni, todos com 25 anos, e Angelina Brinati, 29 anos, como gratificante.

De acordo com eles, a saudade de casa é enorme. “Esta pandemia impôs um cenário que está sendo difícil para todos nós. É angustiante não saber quanto tempo ficaremos sem encontrar nossos familiares, além do medo de algo ainda muito desconhecido”, disse o porta-voz do grupo, João Paulo.

“É muito gratificante saber que em um momento de incertezas, com o mínimo que sabemos, podemos ajudar e confortar quem mais precisa. Além disso, participar de um momento histórico da saúde com certeza fará de nós profissionais mais maduros e preparados, estamos vivendo um contexto que no futuro vamos estudar nos livros de medicina e poder falar que fizemos parte de tudo isso”, finaliza Pedro Onofre.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS