X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Governo do Estado vai colocar toda a Grande Vitória em risco alto

| 15/03/2021 16:25 h | Atualizado em 15/03/2021, 21:24

A Grande Vitória vai se tornar, nos próximos dias, uma só região para definição de ações e estratégias para combater o coronavírus. A proposta de "unificar" cinco das sete cidades da Grande Vitória, evitando que municípios vizinhos tenham classificações diferentes quanto ao Mapa de Risco, foi aceita pelo governo do Estado. 

Com isso, a Grande Vitória passará para o risco alto de contágio da Covid, classificação atual de Vila Velha e Serra.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, confirmou no início da noite a unificação das cidades da Grande Vitória como se fossem um  município só para a classificação no mapa de risco e a ida para o risco alto, porém não informou a partir de quando isso vai ocorrer. 

Os detalhes serão anunciados pelo governador Renato Casagrande em coletiva de imprensa, às 15h30, desta terça-feira (16).

Na manhã desta segunda-feira (15), o governo se reuniu com prefeitos da Grande Vitória - de forma virtual - para discutir ações em relação à pandemia e confirmou essa unificação, conforme informação do prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, que havia feito a proposta na semana passada.

Segundo o último Mapa de Risco, que entrou em vigor nesta segunda, as cidades de Serra e Vila Velha estão em "risco alto", enquanto que Vitória (que fica "entre" as duas cidades), Cariacica e Viana estão classificadas como "risco moderado". A proposta não contempla as cidades de Guarapari e Fundão, que também fazem parte da Região Metropolitana.

Com esta nova metodologia pelo Governo do Estado, as cidades de Vitória, Cariacica e Viana passarão para o "risco alto" no próximo Mapa de Risco. Dentre as principais medidas restritivas para as cidades desta classificação estão fechamento de bares e o funcionamento de restaurantes apenas de segunda a sábado, aos domingos esses estabelecimentos ficam fechados.

“Acabamos de fazer uma reunião com os prefeitos da Grande Vitória e o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e reforcei o pedido para que Vitória e Cariacica também fossem considerados como risco vermelho para a Covid-19 diante do crescimento exacerbado de casos e de ocupação de leitos de UTI”, disse o prefeito da Serra em vídeo postado nas redes sociais.

Em uma cerimônia de abertura de 22 leitos em São José do Calçado, no Sul do Estado, também nessa segunda-feira, Renato Casagrande afirmou que o Espírito Santo vive "a pior fase da pandemia do coronavírus".

"A situação está cada vez mais apertada. Todos nós já estamos com dificuldades no atendimento. Precisamos reduzir a interação, senão não daremos conta”, afirmou o governador.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS