X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Freis do Santuário de Vila Velha são vacinados contra Covid

| 25/02/2021 15:23 h | Atualizado em 25/02/2021, 15:41

Os religiosos receberam a primeira dose do imunizante
Os religiosos receberam a primeira dose do imunizante |  Foto: Divulgação / Convento da Penha

Os frades mais idosos de Vila Velha receberam a primeira das duas doses da vacina contra a Covid-19, na manhã de quarta-feira (24). Os freis Claudius Guski, de 87 anos, e Clarêncio Neotti, de 86, são do Santuário da cidade, e foram imunizados no drive-thru no Ginásio do Tartarugão, em Coqueiral de Itaparica. 

De acordo com a assessoria do Convento da Penha, o Frei Djalmo Fuck, Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Vila Velha, fez o cadastro online de todos os frades, por meio do site da Prefeitura de Vila Velha.

Assim que foi aberto o agendamento para o grupo prioritário dos religiosos - idosos de 85 a 89 anos - o Guardião da Fraternidade agendou o dia, horário e local da imunização dos dois franciscanos realizaram o processo cumprindo os protocolos e orientações estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

“Nós fizemos tudo conforme havia nas orientações e foi muito tranquilo. Não pegamos fila, não enfrentamos dificuldade no cadastro, e conseguimos marcar para um dia bem calmo. Não tivemos nenhum tipo de problema, pelo contrário, as responsáveis pela vacinação nos trataram muito bem”, diz o Frei  Djalmo, que completa, “já saímos de lá com a segunda dose agendada”.

O Pároco explica ainda que as profissionais de saúde mostraram os frascos, as seringas tanto antes, quanto depois da aplicação, e ainda deram algumas orientações para pós-vacina. “A prefeitura se organizou muito bem. As profissionais nos mostraram as seringas e com muita competência aplicaram os imunizantes”.

Segundo a assessoria do Convento da Penha, os dois religiosos receberam o imunizante Coronavac.

Frei Claudius tem 87 anos, é alemão, nascido em Allenstein, em 10 de novembro de 1933. Ele já residiu no Convento da Penha por quase 8 anos.

Já Frei Clarêncio é catarinense, da cidade de Salete. Nasceu em 29 de dezembro de 1934, e tem, portanto, 86 anos. Atualmente ele é Vigário Paroquial.

Frei Djalmo ressalta a importância da vacina e das pessoas buscarem a imunização assim quando chegarem a vez.  “Imunizados, eles motivam, estimulam as demais pessoas a quererem a vacina. Vamos todos receber a vacina. Eu estou ansioso para chegar minha vez”, enfatiza.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS