Login

Atualize seus dados

Coronavírus

Folião terá que apresentar "passaporte da vacina" no Carnaval 2022

Comprovante que foi vacinado contra a covid será necessário para acessar as áreas dos desfiles, arquibancadas ou camarotes

26/11/2021 11:04:24 min. de leitura

O folião que deseja curtir os Desfiles das Escolas de Samba do Carnaval 2022, no Sambão do Povo, em Vitória, terá que apresentar o "passaporte da vacina". O comprovante de que foi vacinado contra a covid-19 será necessário para acesso às áreas dos desfiles, arquibancadas ou camarotes. 

Na próximas segunda-feira (26), uma reunião entre o Governo do Estado, empresários do setores de eventos, escolas de samba e entidades ligadas ao Carnaval 2022 vai definir as regras e critérios de acesso, além de uma campanha para incentivar a vacinação dos cidadãos.

"Temos que ter o engajamento de todos para a vacinação contra a covid e apresentação da carteira de vacinação por parte do público presente. Vamos discutir como aperfeiçoar esta campanha de vacinação", afirmou a Secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro.

Outra preocupação é quanto aos blocos de rua. "Em local aberto, é mais difícil de ter um controle. Quando se vende a fantasia, há um controle de quem está vacinado ou não".

De acordo com a secretária, há a expectativa do Governo do Estado que algumas regiões possam estar na classificação de "risco muito baixo" no Mapa de Risco até fevereiro do próximo ano. Para chegar a esta classificação, os municípios - organizados em dez macrorregiões do Estado, precisam alcançar metas de vacinação para população dividida em D1, D2 e dose de reforço.

O Carnaval 2022 será realizado nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro de 2022. A previsão é de que a venda de ingressos comece no início do próximo mês.