X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado suspende aulas da educação infantil a partir de quinta-feira

| 14/03/2021 18:23 h | Atualizado em 14/03/2021, 19:43

Sala de aula vazia: decisão pela suspensão de atividades levou em conta a segurança dos alunos, segundo sindicato
Sala de aula vazia: decisão pela suspensão de atividades levou em conta a segurança dos alunos, segundo sindicato |  Foto: Arquivo/AT

O Governo do Estado decidiu suspender as aulas presenciais da educação infantil na rede pública e privada nas cidades classificadas como moderado e alto no mapa de risco da covid-19.

O decreto que suspenderá as aulas por 21 dias será publicado no Diário Oficial até a madrugada desta segunda-feira (15). Neste período, as aulas

Desta forma, todas as atividades presenciais envolvendo crianças de 0 a 5 anos serão suspensas a partir desta quinta-feira (18) até o dia 4 de abril.

As escolas terão o prazo de 3 dias para transição e suspensão completa das aulas. Dentro do período de suspensão, será adotado o ensino remoto. 

A medida foi adotada para reduzir o contágio da doença entre crianças e reduzir o número de hospitalizados no Estado, que já conta com 90% dos leitos de UTI infantil ocupados.

O presidente do Sinepe (Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo), Moacir Lellis, informou que, apesar da preocupação com a qualidade de ensino dos estudantes, o sindicato acata a medida.

"Foi uma decisão muito difícil para o sindicato. Estamos preocupados com o aprendizado das crianças, mas colocamos a vida em primeiro lugar", comentou Lellis.

A diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), Noemia Simonassi, comentou que o sindicato espera que aulas presenciais em escolas de ensino fundamental e médio também sejam suspensas.

"Concordamos com a suspensão e estamos cobrando o fechamento de todas escolas, não só da educação infantil, mas também de ensino fundamental e médio. Queremos que os estudantes voltem ao ensino remoto até que reduzam os casos de covid-19 no Estado"

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS