X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado registra nova redução no número de leitos ocupados de UTI

| 17/06/2020 21:43 h | Atualizado em 17/06/2020, 22:47

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes infectados com coronavírus voltou a cair pelo segundo dia consecutivo nesta quarta-feira (17). Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a ocupação registrada nas últimas 24 horas foi de 81,86%. 

Ainda de acordo com as informações disponíveis no Painel Covid-19, o Espírito Santo tem 656 leitos de UTI - dois a mais que na terça-feira (16) -, sendo que 537 estão ocupados por pacientes. 

Na terça, a ocupação era de 82,57%, com 540 dos 654 leitos de UTI para pacientes infectados pelo coronavírus  ocupados. Na segunda (15), o percentual de ocupação foi  de 84,75%

Mesmo com a redução no número de leitos ocupados, alguns hospitais do Estado, sobretudo aqueles que estão no interior, estão vendo a pandemia sufocar o sistema de saúde.

Imagem ilustrativa da imagem Estado registra nova redução no número de leitos ocupados de UTI

É o caso do Hospital Silvio Avidos, em Colatina, no Noroeste do Estado. Dos 3 leitos disponíveis para pacientes infectados pelo coronavírus que precisam de isolamentos, apenas um deles está disponível. 

A situação é pior no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, na cidade localizada ao Sul capixaba, onde não há mais vagas de isolamento na UTI. 

Ainda no interior do Espírito Santo, a falta de leitos também atinge o Hospital Meridional São Mateus, no Norte; o Hospital Madre Regina Protmann, em Santa Teresa; o Hospital Rio Doce, em Linhares; e o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí, em Guaçuí.

Na Grande Vitória, não há mais leitos de UTI para isolamento no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG) e no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes, na Capital; Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV) e no Hospital Vila Velha, em Vila Velha; e no Hospital São Francisco, em Cariacica. 

Novos leitos no Dório Silva

O governador Renato Casagrande anunciou, na tarde desta quarta-feira (17), que novos leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 serão abertos no Hospital Dório Silva, na Serra, nesta quinta-feira (18). 

O anúncio foi feito durante solenidade transmitida pela internet para assinar ordem de serviço para obras em três escolas da Serra. No fim da atividade o chefe do Executivo deu a informação, mas não detalhou quantos leitos serão entregues. Essa quantidade só será dita durante a cerimônia de abertura dessas vagas. 

Hospital Dório Silva: meta do  Estado é desafogar a unidade, que é referência para  pacientes com  Covid-19
Hospital Dório Silva: meta do Estado é desafogar a unidade, que é referência para pacientes com Covid-19 |  Foto: Leone Iglesias - 02/01/2018

Segundo o Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Dório Silva conta com 34 leitos de UTI e 78 de enfermaria. Desse total, apenas um de UTI está livre. No caso da enfermaria, há 8 vagas disponíveis. 

"Tomamos a decicão de fazer investimentos nos hospitais públicos e filantrópicos do que fazer hospital de campanha. Nossa opção foi por investir em estrutura que se torne legado para o Estado. Quando a pandemia estiver estabilizada, esses leitos vão poder atender a outras enfermidades", disse o governador.

Casagrande voltou a destacar que os hospitais de campanha não estão descartados no Estado, porém é uma estrutura que "você monta, desmonta e acabou. Não fica legado nenhum".

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS