X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado registra mil mortes e Casagrande decreta luto oficial: "Momento exige compaixão"

| 13/06/2020 12:40 h

Imagem ilustrativa da imagem Estado registra mil mortes e Casagrande decreta luto oficial: "Momento exige compaixão"

Apesar o painel do governo ainda sinalizar 999 mortes no Estado por conta do novo coronavírus, o governador Renato Casagrande disse na manhã desta sábado (13) que já foram registradas mais de mil mortes em meio à pandemia. Por isso, decretou luto oficial.

"Outros Estados também vivem as perdas de muitas pessoas. Nós aqui alcançamos esse número de mil mortes. Quero me solidarizar com familiares e amigos das pessoas que perderam a vida. O momento exige empatia, solidariedade e compaixão. E existe um trabalho muito determinado para que possamos vencer essa crise", disse durante pronunciamento por vídeo.

O governador disse que "estamos enfrentando a crise mais grave depois da gripe espanhola e da Crise de 29. Vivemos um momento que exige decisões difíceis", disse, sem citar a mais extrema medida que pode vir a decretar nos próximos dias, o "lockdown".

O Estado possui 25.502 casos confirmados da doença até a manhã deste sábado. A ocupação de leitos de UTI no Estado inteiro está em 86,23% - só restam 87 leitos de UTI para o Estado inteiro. O governador já disse que decretará medidas de risco extremo quando a ocupação passar de 91%.

Dentre as sanções, estão previstas proibição de circulação de pessoas entre 21h e 5h, rodízio de circulação de pessoas de acordo com número final do CPF, multa e liberação de apenas uma pessoa por família em compras de supermercado.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS