X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado defende aplicação de 4ª dose de vacina contra covid em idosos

Estudo será levado para discussão em um colegiado com o Ministério da Saúde

Weslei Radavelli | 08/02/2022 20:24 h

O Espírito Santo é um dos estados que defende a aplicação da chamada quarta dose, da vacina contra a covid, em idosos com idade acima de 70 anos. O tema foi abordado pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (08).

Nésio afirmou que o corpo técnico da Secretaria de Saúde, em discussão conjunta com entidades científicas, aponta ser importante a implantação de um reforço anual da vacina contra a covid, ou mesmo uma quarta dose, no enfrentamento da pandemia.

"Pode ser uma importante e acertada estratégia, neste momento, instituir mais uma dose de reforço ou quarta dose para a população idosa, em especial aquela que tem mais de 70 anos", avaliou o secretário, que reforçou a "a riqueza dos dados das notificações de casos confirmados, óbitos e internações, para construir evidências que possam orientar o enfrentamento nacional".

Nésio afirmou que ainda não há definições do modelo que será utilizado. Na próxima sexta-feira (11), o tema será levado para discussão na Câmara Técnica do Ministério da Saúde.

"O debate, se será uma quarta dose ou se será reforço anual, ainda está ocorrendo e não se definiu. No entanto, os dados do comportamento de internações, de casos confirmados e de óbitos de covid, na população que já recebeu as três doses, está sendo estudado e avaliado pela equipe de vigilância e universidade e estão sendo consolidados para uma apresentação na próxima sexta-feira", disse.

O secretário voltou a reforçar a importância da vacinação contra a covid e destacou que todas as vacinas que estão sendo aplicadas são "confiáveis" e "funcionam também contra a variante Ômicron".

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS