X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado anuncia nesta sexta ajuda econômica na quarentena

| 18/03/2021 22:50 h | Atualizado em 18/03/2021, 23:06

Movimento na Expedito Garcia: segmentos como vestuário feminino e  acessórios de celulares estão em alta
Movimento na Expedito Garcia: segmentos como vestuário feminino e acessórios de celulares estão em alta |  Foto: Arquivo / AT

As medidas socioeconômicas para socorrer setores da economia capixaba afetados pela quarentena serão anunciadas pelo governador Renato Casagrande em coletiva de imprensa, transmitida pelas redes sociais, a partir das 14h30, desta sexta-feira (19). 

As restrições para a circulação de pessoas nas ruas para tentar frear o avanço do número de casos e internações hospitalares no Espírito Santo começaram a valer nesta quinta-feira (18) e duram até o dia 31 deste mês. 

Entre as ações, está o fechamento de comércios de rua, shoppings, bares, restaurantes e suspensão de aulas presenciais em todo o Estado. 

O presidente da da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo (Fecomércio-ES), José Lino Sepulcri, estima uma queda de 55% a 60% nas vendas do comércio nesse primeiro dia de quarentena.

A federação ainda não sabe quais as medidas serão anunciadas pelo governo, porém, Sepulcri acredita que não farão tanto efeito para os comerciantes. 

"Nada mais é do que postergar o vencimento dos tributos. Ele não tem nenhuma conotação de desembolso do governo ou isenção de tributos, que estão na obrigatoriedade do empresário. A folha de pagamento é compromisso do empresário, assim como o compromisso com os fornecedores. Mesmo com a boa vontade do governo, ele não tem como ajudar, porque é compromisso do empresário", analisou ele. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS