X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Empresário luta contra a Covid-19 há 15 dias na UTI

| 29/05/2020 13:12 h | Atualizado em 29/05/2020, 13:28

Internado há 15 dias em um hospital particular de Cariacica, o empresário do ramo imobiliário Valdecir Torezani, de 67 anos, é um dos pacientes que está na batalha para vencer o novo coronavírus (Covid-19). Ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas nesta quinta-feira (28) apresentou melhora.

Valdecir Torezani e Renata Gava  são sócios. Ele está internado
Valdecir Torezani e Renata Gava são sócios. Ele está internado |  Foto: Acervo pessoal
Seu irmão, o aposentado Valter Torezani, o Valtinho, 78, além do sobrinho e da cunhada de Valdecir também estão internados na Unidade de Terapia Intensiva do mesmo hospital.

Mas eles não foram os únicos a serem internados com esse vírus. A sócia de Valdecir, a empresária Renata Gava Zoppe Barros, 43, ficou em isolamento hospitalar, mas recebeu alta no último sábado.

Dividida entre a alegria de ter recebido alta e a angústia de saber que seus amigos lutam para vencer o coronavírus, Renata conversou com a reportagem de A Tribuna e revelou:

“Alguns funcionários da nossa empresa e da família testaram positivo para esse vírus. A maioria foi assintomático, sem sintomas da Covid-19, mas todos ficaram em isolamento até ontem (quarta-feira). Ao todo, seis pessoas necessitaram de internação. Todos estão curados, com exceção dos quatro que estão no hospital”.

Empresário Valdecir Torezani
Empresário Valdecir Torezani |  Foto: Acervo pessoal
Renata ficou nove dias internada no quarto. “Eu sentia muito medo de piorar e de ter de ir para a UTI. Aliás, eu só não fui para a UTI porque exigi a cloroquina.” Seus sintomas começaram no final de semana do Dia das Mães, com dor de cabeça, febre e dor no corpo.

“Todo mundo que foi para o hospital teve os mesmos sintomas. Eu fiz o teste e dois dias depois saiu o resultado, que deu positivo. No dia seguinte, senti muita falta de ar e fui internada com parte do meu pulmão comprometido”.

Renata agradeceu pela melhora do sócio. “Valdecir, graças a Deus, está muito melhor. Demos um passo grande hoje (ontem). Ele saiu do respirador. Ainda é cedo para comemorar vitória, mas é um passo extremamente importante. Vamos intensificar as orações para o restante da família. Temos fé de que todos irão vencer e faremos uma grande festa de comemoração”, finalizou Renata.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS