X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Cubo de plástico vira solução para voltar a malhar em meio à pandemia

| 17/06/2020 18:39 h

Desde o dia 12 de junho, o estado da Califórnia permitiu a reabertura de escolas, academias, cinemas e bares com isso, várias medidas de prevenção contra o novo coronavírus vêm sendo adotadas pelos estabelecimentos. No entando, especialistas estão especialmente preocupados com as academias.

Segundo eles, é difícil manter o distanciamento social nesses locais, além das pessoas transpirarem mais e pesquisas demonstraram que aulas de ginástica em coletivo podem ser uma fonte de disseminação da Covid-19.

Funcionários da academia Inspire South Bay Fitness instalaram cubos de plástico para separar os alunos
Funcionários da academia Inspire South Bay Fitness instalaram cubos de plástico para separar os alunos |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay
Na academia Inspire South Bay Fitness, em Redondo, Califórnia, o proprietário Peet Sapsin sabia que precisava ser criativo para que seus alunos se sentissem seguros ao voltar a frequentar o local.

Além de reduzir o tamanho das turmas, Sapsin e sua esposa criaram cubos individuais de plástico e os posicionaram com distantes um do outro, para que os alunos tenham as aulas de ginástica, mantendo o distanciamento social.

Eles instalaram nove áreas fechadas, com cerca de 6 metros de largura e 10 metros de altura, todas equipadas com banco, rolos de espuma, alguns pesos e produtos para higienização.

O professor, Peet Sapsin, avalia movimento dos alunos ao fazerem exercício
O professor, Peet Sapsin, avalia movimento dos alunos ao fazerem exercício |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay
Em entrevista a BBC News, o proprietário do local, Peet Sapsin, disse que as tendas protetoras, foram feitas com cortinas de chuveiro e canos de PVC, levaram cerca de três dias para serem montadas.Ele disse ainda, que o projeto custou menos de US $ 400.

"Enviamos o protótipo para nossos clientes, e eles ficaram muito empolgados e se sentiram mais confortáveis ​​ao saber que havia uma 'parede' transparente entre uma pessoa e a outra",  contou o educador físico.

Sapsin e sua equipe também estão limpando o estúdio diariamente, e mantendo as portas abertas para circular o ar. Além disso, com os cubos os alunos não precisam mais andar pela sala. "Tudo o que você precisa está dentro do seu cubo - banco, esteira, halteres. Também há um spray desinfetante, para que depois todos possam se limpar", explicou ele.

Outros estabelecimentos como salões de beleza, estúdios de tatuagem e barbearias , também criaram maneiras de manter o distanciamento social. Alguns restaurantes usam paredes com vitrais e plantas estrategicamente posicionadas para manter os clientes em segurança. Em Amsterdã, um restaurante construiu estufas individuais para separar os hóspedes.

Veja fotos da academia:

Professor ensina os movimentos para o aluno
Professor ensina os movimentos para o aluno |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay
Cada cubo tem cerca de 6 metros de largura e 10 metros de altura
Cada cubo tem cerca de 6 metros de largura e 10 metros de altura |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay
Professor Peet Sapsin durante demonstração do exercício
Professor Peet Sapsin durante demonstração do exercício |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay
Professor Peet Sapsin durante aula em academia
Professor Peet Sapsin durante aula em academia |  Foto: Reprodução/Instagram/@inspiresouthbay

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS