X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Coronavírus

"Comportamento irresponsável": secretária critica quebra de isolamento

Titular da Saúde de Aracruz criticou a atitude de pessoas que estão circulando pela cidade com teste positivo para a doença


No mesmo dia em que a Prefeitura de Aracruz decidiu suspender o Carnaval de 2022, a secretária municipal de Saúde, Rosiane Scarpatt, fez um pronunciamento sobre a atual situação do combate à pandemia na cidade. Dentre as informações, uma crítica aos cidadãos, que testaram positivo para a covid, e estão quebrando o isolamento social determinado pelas autoridades de saúde.

Segundo a secretária, há relatos de que a "quebra" do isolamento esteja acontecendo por pessoas que estão frequentando locais públicos, como bares e restaurantes.

"A Secretaria de Saúde tem recebido inúmeras denúncias de que pessoas positivas não estão cumprindo o isolamento domiciliar e que estão transitando em ambientes públicos, como bares, restaurantes, indo em eventos sociais. Isso é totalmente irresponsável, pois uma pessoa contaminada pode contaminar até seis. Nós pedimos a estas pessoas, que estão positivas que cumpram o isolamento social para que não haja contaminação de outros", disse.

Somente nos últimos oito dias, sem contabilizar os dados desta sexta-feira (21), Aracruz registrou mais de 1.000 casos de covid. Cerca de 10% dos servidores da saúde estão afastados após testarem positivo.

"Nós pedimos a população que tenha compreensão, paciência e sensibilidade com os profissionais de saúde, que estão - há dois anos - trabalhando arduamente na linha de frente contra este vírus", afirmou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: