X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Com UTIs Covid lotadas, pacientes em UTI Geral aguardam até 3 dias para conseguir vaga

| 19/03/2021 12:55 h | Atualizado em 19/03/2021, 14:24

Durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (19), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, disse que “passamos a ocupar leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) não Covid-19 para pacientes com a doença”.

Ele explicou que isso acontece quando os leitos de UTI Covid já estão cheios em determinada unidade, por isso o paciente fica em uma UTI geral.

“Os pacientes aguardam entre dois ou três dias para serem transferidos para um leito Covid”, completou.

Segundo dados atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) às 11h30 desta sexta, a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid está em 91,04%. Já a taxa de leitos de enfermaria para a doença está em 82,07%.

Leito de UTI:  médicos afirmam que podem ocorrer mais casos graves
Leito de UTI: médicos afirmam que podem ocorrer mais casos graves |  Foto: Hélio Filho - governo do Estado/ Divulgação

O Espírito Santo vem expandindo a oferta de leitos em função do aumento da taxa de ocupação. 

Quarentena no Estado

Na quinta-feira (18) todo o Espírito Santo entrou em quarentena por 14 dias. Medidas mais restritivas foram tomadas para frear o avanço do coronavírus no Estado.

Fernandes pediu que a população respeite o que foi determinado pelo decreto e afirmou acreditar que “a ampla maioria do povo está ciente do que ocorre no País”.

“A nossa luta é contra um vírus, é para poder preservar as vidas. O Brasil está em crise e aqui no Espírito Santo vamos seguir resistindo para evitar que o pior aconteça”, relatou.

O secretário pediu que as pessoas tenham amor próprio e se protejam. “O seu comportamento coloca sua vida em risco. Tenha empatia, entenda a gravidade do momento que a gente vive. Não queremos que seja pela dor, pelo luto, que você se sensibilize”, completou.
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS