Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Cinco mil pessoas vão fazer testes rápidos em casa

| 08/06/2020 09:00 h

Começa hoje a terceira fase do inquérito sorológico para avaliar o comportamento do novo coronavírus no Espírito Santo. Hoje, amanhã e na quarta-feira, 5.840 pessoas de 19 cidades serão testadas para verificar se já tiveram contato com o vírus.

Moradora faz teste rápido em condomínio: seleção para receber profissionais de saúde é feita por sorteio.
Moradora faz teste rápido em condomínio: seleção para receber profissionais de saúde é feita por sorteio. |  Foto: Fábio Nunes/ Arquivo AT

A segunda etapa do estudo indicou que 206.559 pessoas já haviam sido infectadas pelo vírus no Estado até o dia 29 de maio. Na primeira etapa, realizada entre 13 e 15 do mês passado, a estimativa era de 84.391 pessoas.

Nesta terceira fase, durante os três dias, 146 equipes com três pesquisadores cada, visitarão residências capixabas para a verificação aleatória. A seleção de quem será testado acontece por sorteio.

Os municípios abrangidos são Afonso Cláudio, Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Serra, Vila Velha, Vitória, Aracruz, Barra de São Francisco, Castelo, Guaçuí, Guarapari, Pedro Canário, São Gabriel da Palha e Venda Nova do Imigrante.

O objetivo da testagem é detectar anticorpos da Covid-19 e, assim, estimar o percentual da população que já teve contato com o vírus e a velocidade do avanço da pandemia no território capixaba.

O inquérito terá ainda uma quarta fase, que acontecerá nos dias 22, 23 e 24 em Afonso Cláudio, Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Serra, Vila Velha, Vitória, Baixo Guandu, Conceição da Barra, Ecoporanga, Iúna, Marataízes, Santa Maria de Jetibá, Sooretama e Viana.

Sintomas

A segunda fase do estudo verificou ainda a presença de sintomas entre os que testaram positivo. Cerca de 69,5% apresentaram tosse e perda parcial ou total do olfato. Já 30,5% não apresentaram sinais de que estavam infectados.

Mais de 5% têm anticorpos

A segunda fase do inquérito sorológico constatou que 5,14% da população capixaba já tem anticorpos contra o novo coronavírus. A presença das células de defesa do organismo significa que essas pessoas tiveram contato com a doença.

O levantamento realizado no final de maio indica que o número de infectados mais que dobrou em duas semanas. A primeira etapa do estudo indicava que apenas 2,1% da população já havia tido a Covid-19.

O estudo de prevalência na segunda etapa apontou que, do total dos testes com resultados positivos, 62,3% eram mulheres e 37,7% homens. A faixa etária com mais casos positivos foi a de 21 a 40 anos, com 35,1% dos casos.

O inquérito é realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e tem apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e outras instituições de saúde e de ensino.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS