X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Coronavírus

Brasil registra 79 mortes e mais de 29 mil casos de Covid nas últimas 24 horas

A média móvel de casos é de 36.924, um aumento de 11% em comparação ao último domingo


O Brasil registrou 79 mortes e 29.697 casos de Covid nesta segunda (26). Com isso, o país chegou a 36.202.186 casos e a 693.017 vidas perdidas pelo coronavírus desde o início da pandemia.

As médias móveis de mortes e casos estão estáveis em comparação com o último domingo (25), mas seguem com uma alta moderada em relação aos dados de duas semanas atrás. A média de óbitos agora é de 146 por dia, um aumento de 44%. A média de casos é de 36.924, crescimento de 11%.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Ao todo, 182.439.217 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen, são 172.479.651 pessoas com as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 84,92% da população com a 1ª dose e 80,29% dos brasileiros com as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 107.270.651 pessoas já tomaram a terceira dose, e 39.062.824, a quarta.

Em relação às crianças, foram aplicadas 14.320.310 primeiras doses (54,19%) na faixa etária de 3 a 11 anos e 9.921.912 segundas doses (37,55%).

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: