X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Auxílio ES Solidário é prorrogado por mais três meses

| 20/08/2021 16:12 h | Atualizado em 20/08/2021, 16:55

Cartão do benefício ES Solidário:  a ajuda total será de R$ 600, dividida em três parcelas de R$ 200
Cartão do benefício ES Solidário: a ajuda total será de R$ 600, dividida em três parcelas de R$ 200 |  Foto: Divulgação
O Governador Renato Casagrande sancionou, nesta sexta-feira (20), o projeto de lei que prorroga o benefício ES Solidário, por mais três meses. Mais de 87 mil famílias receberão R$ 600 divididos nos meses de setembro, outubro e novembro.

O ES Solidário foi criado para auxiliar na renda familiar diante da crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus. Com este benefício, as famílias podem comprar alimentos, gás de cozinha ou qualquer item essencial para sua sobrevivência.

Com os três meses, cada família terá somado R$ 1.200 de benefício neste ano.

Segundo o Governo do Estado, o investimento aplicado na prorrogação do benefício será de R$ 52.635.000,00. Esse recurso, somado aos benefícios já transferidos nos meses de maio, junho e julho, totalizam mais de R$ 100 milhões, oriundos do Tesouro Estadual.

“Há alguns meses criamos o ES Solidário para amenizar o sofrimento das famílias mais vulneráveis. Então, resolvemos criar o Cartão ES Solidário, do qual 87 mil famílias receberam por três meses uma ajuda de R$ 200,00 cada. Estamos agora prorrogando esse auxílio por mais três meses para as mesmas 87 mil famílias, que vivem em situação de extrema pobreza. Assim vamos dar mais dignidade a essas pessoas que se encontram mais vulneráveis”, ressaltou o governador Casagrande.

Ainda segundo o Governo, são beneficiadas famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), caracterizadas pelo recorte de renda de extrema pobreza (renda de até R$ 147 por pessoa) e que incluem crianças de 0 a 6 anos no grupo familiar; ou idosos com mais de 60 anos; ou pessoas com deficiência.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS