X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Apenas uma pessoa por família poderá ir ao supermercado em caso de lockdown

| 10/06/2020 20:04 h | Atualizado em 10/06/2020, 20:53

Caso o governo do Estado adote o lockdown (fechamento total), as famílias capixabas terão que se organizar na hora de fazer compras nos supermercados.

Isso porque apenas um membro familiar poderá ir ao mercado. A medida foi apresentada nesta quarta-feira (10) pelo governador Renato Casagrande (PSB). 

Além disso, os supermercados terão horário reduzido caso o fechamento total aconteça. Eles vão abrir apenas durante os dias de semana. Nos sábados e domingos, as portas ficarão fechadas.

Em todas compras, de acordo com o governo, haverá a obrigatoriedade de lançar CPF na nota fiscal do cliente.

Os estabelecimentos terão restrição de horário do funcionamento de 7h às 19h. A medida também vale para hipermercados, supermercados, mercados, hortifrutigranjeiros, padarias, açougues, distribuidores de cestas básicas, comercialização de produtos para animais, entre outros. 

Supermercado em funcionamento
Supermercado em funcionamento |  Foto: Freepik

Outro caminho apresentado pelo governo nesta quarta é que esses estabelecimentos terão que limitar o espaço para um cliente a cada 20m² com afastamento de 1,5 metros e com implementação de controle de entrada.

Essas e demais medidas do "risco extremo" entram em vigor caso a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Espírito Santo alcance 91%.

Segundo dados do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a ocupação dos leitos de UTI no Espírito Santo nesta quarta-feira é de 84,59% .

Ainda durante o anúncio desta quarta, o governador Renato Casagrande (PSB) ressaltou que as medidas ainda podem sofrer alterações.

"Algumas coisas podem mudar até semana que vem, porque vou continuar conversando com mais entidades para validar as medidas. O corpo das medidas é este. Uma medida, um horário, pode mudar aqui e ali", disse Casagrande.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS