X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Americano recebe conta hospitalar de R$ 5,6 milhões após ser curado do coronavírus

| 14/06/2020 17:13 h

Michael Flor, de 70 anos, pode ter recebido a conta hospitalar mais alta durante a pandemia do novo coronavírus.
Michael Flor, de 70 anos, pode ter recebido a conta hospitalar mais alta durante a pandemia do novo coronavírus. |  Foto: Reprodução/Facebook
Um idoso de 70 anos se recuperou do coronavírus, mas recebeu uma conta de R$ 5,6 milhões de reais após passar 62 dias internado em um hospital em Seattle, nos Estados Unidos. A fatura pode ser a mais alta da pandemia. As informações são da Veja.

De acordo o jornal The Seattle Times, Michael Flor ficou em estado grave e ficou dependente de aparelhos para respirar por 29 dias.

A fatura foi enviada pelo hospital junto a um relatório de 181 páginas onde foram descritos todos os procedimentos médicos aos quais Flor foi submetido durante o período de internação.

Cerca de 1/4 da conta são gastos com medicamentos. Somente os procedimentos feitos nos dois dias em que o coração, os rins e os pulmões do paciente estavam falhando totalizaram cerca de 100 mil dólares, o equivalente a mais de 500 mil reais.

Foram cobradas do paciente até as roupas de proteção que os profissionais de saúde tinham que usar quando entravam no quarto onde ele estava isolado.

Parte do valor deve ser coberto pela seguradora de saúde.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS