search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Coronavírus: Estado registra 30 mortes de profissionais da saúde

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Coronavírus: Estado registra 30 mortes de profissionais da saúde


Os dados do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), mostram que 30 profissionais que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus perderam a vida por conta, após serem infectados pelo vírus. Entre as vítimas estão médicos, técnicos de enfermagem e enfermeiros. 

De acordo com o sistema desenvolvido pela Sesa, 9.817 profissionais já foram infectados pelo coronavírus no Espírito Santo. Desse total, 7.732 estão curados. A taxa de letalidade do vírus entre esses trabalhadores é de 0,31%. 

A cidade de Vila Velha é a que registra o maior número de profissionais infectados com 1.727. Vitória está em segundo lugar nessa lista com 1.714 trabalhadores com testes positivos para covid-19 e, em terceiro, está a Serra com 1.406 casos. 

Vila Velha também é a cidade com mais mortes entre esses profissionais. O município já perdeu 5 trabalhadores por conta da covid-19. Cachoeiro de Itapemirim, Serra e Vitória têm 3 mortes, cada um. Cariacica, Marataízes e Colatina têm 2 óbitos, cada.

Os dados do painel da Sesa mostram o aumento na curva de mortes de profissionais da saúde provocadas pelo novo coronavírus. Em um mês, o número de óbitos mais do que dobrou no Estado. 

Segundo as informações da secretaria, em 14 de junho, o Espírito Santo registrava 13 mortes de profissionais da saúde por conta da covid-19. De lá para cá, mais 17 vidas de trabalhadores dessa área foram perdidas.

Dos 30 mortos, 15 eram mulheres e 15 eram homens. A maior parcela desses óbitos está na faixa etaria dos 60 aos 69 anos, com 11 casos. 

Desse total de mortes, duas são de pacientes de fora do Estado, conforme o site. Um deles é de Pompeia (SP) e o outro Nanuque (MG).


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados