search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Consultas em psicólogos dobram

Notícias

Publicidade | Anuncie

Saúde

Consultas em psicólogos dobram


A psicóloga Ana Gatto acredita que o aumento no número de consultas mostra que terapia está mais acessível (Foto: Beto Morais - 02/10/2020)
A psicóloga Ana Gatto acredita que o aumento no número de consultas mostra que terapia está mais acessível (Foto: Beto Morais - 02/10/2020)

Nunca se falou tanto em saúde mental como nos últimos meses. Transtornos de ansiedade e alimentares, depressão, vício em drogas e bebidas são cada vez mais crescentes e requerem ajuda profissional para ser tratado.

Tanto que o número de consulta, pelos planos de saúde, com psicólogos, dobrou nos últimos anos. Os dados inéditos são da “Análise Especial do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar no Brasil entre 2014 e 2019”, publicado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

Segundo a análise, nos atendimentos ambulatoriais é contabilizado o número de consultas ou sessões com profissionais de saúde de nível superior não médicos, que estão previstas no “Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde”, sendo que com psicólogos esse número passou de 10.175.855 em 2014, para 20.982.540 em 2019, um percentual de 106,02%.

O IESS elaborou o documento com base nos números do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar, publicação anual da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Para a psicóloga Ana Gatto, esse aumento de consultas representa que a terapia está menos elitizada e mais acessível. “As pessoas estão tendo mais acesso, e os planos de saúde têm mais psicólogos credenciados.

Isso tudo contribui para o aumento. Além disso, há uma desmistificação de que psicólogo não é ‘coisa de doida’, e hoje se fala mais sobre terapia”, afirma.

Um dado que chama atenção e, segundo o psicólogo Vinícius Grassi, pode estar contribuindo para este aumento, é o número de pessoas ansiosas. “De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é um dos países com maior percentual de pessoas ansiosas e deprimidas do mundo”.

O psicólogo destaca ainda que o uso excessivo das tecnologias tem levado à procura por ajuda especializada. A psicóloga Rubia Passamai, especialista em saúde coletiva, destaca que as pessoas estão entendendo que terapia deve fazer parte da rotina, não só como tratamento, mas também como prevenção.

“O cuidado com a saúde mental, hoje, deve ser uma prioridade entre as famílias, porque a falta desse cuidado pode provocar transtornos enormes”.


Saiba mais


 (Foto: Jornal A Tribuna)
(Foto: Jornal A Tribuna)
Atendimentos psicológicos e psiquiátricos

  • Dados da “Análise Especial do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar no Brasil entre 2014 e 2019”, publicado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar, mostram que as consultas com psicólogos pelos planos de saúde passaram de 10.175.855, em 2014, para 20.982.540, em 2019.
  • Já as consultas médicas em psiquiatria passaram de 3,6 milhões, em 2014, para 5,3 milhões, em 2019, um aumento de 47,3%.

Consulta no SUS - Prefeitura

Vitória

  • Na capital foram realizadas este ano, até ontem, 19.819 consultas psicológicas, entre atendimentos individuais, grupo, familiar e remoto.
  • Em 2019, foram 18.366 consultas; 2018, 14.175; e 2017, 13.447.
  • Já o encaminhamento para psiquiatria foram: em 2020, 2.572; 2019, 8.420; 2018, 8.935; e 2017, 6.938.

Serra

  • Os atendimentos com psicólogos em 2020, até o momento, foram 10.141. Em 2019, foram 29.385 consultas; 2018, 33.570; 2017, 20.932.
  • As consultas em psiquiatria em 2020, foram 645. Em 2019,3.128; 2018, 2.546; 2017, 1.154.

Cariacica

  • Até outubro deste ano, os atendimentos em psicologia foram 647. Em 2019, foram 2.865 consultas; 2018, 2.845; e 2017, 6. Já os atendimentos em psiquiatria este ano, até outubro, foram 527. Em 2019, 2.650 ; 2018, 2.760; e 2017, 2.308.

Fonte: IESS e prefeituras consultadas.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados