search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Construção de porto vai criar 2.500 empregos em Aracruz

Notícias

Publicidade | Anuncie

Empregos e Estágios

Construção de porto vai criar 2.500 empregos em Aracruz


Com investimento de R$ 1 bilhão, a construção de um novo porto em Aracruz, no Norte do Estado, irá criar mais de 2.500 empregos diretos e indiretos a partir deste ano.

A Imetame Logística Porto recebeu a autorização da Secretaria de Portos, do governo federal, para o início das obras com a assinatura do aditivo do contrato de adesão. A expectativa é de que a operação comece em três anos.

No pico das obras, estão previstas 650 vagas de empregos diretos e mais 300 indiretos, totalizando 950.

Nessa etapa, serão contratados engenheiro civil, engenheiro eletricista, técnico em elétrica, técnico em edificações, pedreiro, auxiliar, entre outros.

Para a operação, quando o Porto entrar em atividade com sua capacidade máxima, serão 640 empregos diretos e mais mil indiretas, totalizando 1.640.

Ao todo serão cerca de 2.590 vagas, somando diretas e indiretas desde as obras até a operação.

Projeção do Porto da Imetame: empresa vai divulgar nos próximos meses como serão os critérios para contratação (Foto: Imetame )
Projeção do Porto da Imetame: empresa vai divulgar nos próximos meses como serão os critérios para contratação (Foto: Imetame )

As informações sobre o cadastro para disputar as vagas serão divulgadas assim que o empreendimento estiver mais próximo ao início da construção por meio dos canais de comunicação da empresa e outros a serem definidos.

O Ministério da Infraestrutura informou, contudo, que o investimento deve criar ao todo 25 mil empregos com a operação.

A Imetame informou que irá divulgar em breve o perfil dos colaboradores que serão contratados, bem como a data de início da seleção. E adiantou que, para a etapa da obra, buscará profissionais da construção civil e da área portuária. Já para operação, as contratações serão para as áreas de logística de transporte e armazém.

A prioridade na hora das contratações será para moradores da região de influência do Porto, do município de Aracruz e cidades vizinhas.

O presidente do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Espírito Santo, Sidemar Acosta, disse que o anúncio é um importante marco para o desenvolvimento da economia.

“Investimentos na infraestrutura portuária capixaba é um pleito antigo do setor de exportação e importação do Estado. A sinalização de um porto como o projeto da Imetame para os próximos anos vai estimular novos negócios, criar empregos e tornar o Estado, que já possui retroáreas e secundárias preparadas, ainda mais competitivo."

“Obra é a mais importante para o Estado este ano”

Kneip (Foto: Divulgação/Sedes — 08/01/2020)
Kneip (Foto: Divulgação/Sedes — 08/01/2020)
Do outro lado da ponta, empresários e governo comemoram o início da obra do Porto da Imetame, no Norte do Estado.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado (Findes), Leonardo de Castro, considera que o Porto da Imetame é a obra mais importante deste ano.

“No momento, o Brasil tem somente duas grandes rotas de movimentação de grãos: o Porto de Santos, que responde por 59%, dessa movimentação, e o chamado Arco Norte, com portos como os de Manaus, Miritituba e Itaqui, que responde por 25%.”

Segundo ele, o Estado responde por apenas 9% do granel agrícola. “Com a pandemia, o Brasil precisa ampliar essa terceira via que é o Espírito Santo, pois o mercado internacional está revendo a sua logística e sua política de estoques e exigirá mais alternativas.”

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, destaca que a obra é um motivo de orgulho, desenvolvida por uma empresa genuinamente capixaba.

“Trata-se um porto que vai fortalecer a competitividade econômica do Espírito Santo, sobretudo, na área logística e comércio internacional. É um dos principais projetos da empresa e está entre as mais importantes obras em execução no Estado neste ano”.

Ele diz que o empreendimento contribuirá para o desenvolvimento regional, para o ambiente de negócios e criação de empregos.

Saiba mais

Autorização

  • A Imetame Logística Porto recebeu autorização da Secretaria de Portos para início das obras marítimas com a assinatura do aditivo do contrato de adesão.
  • Com essa autorização, a empresa aguarda apenas a assinatura do contrato de cessão com a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) que se encontra em trâmites finais de análise para o início efetivo das obras marítimas do complexo portuário.

Empregos
Obras

  • Está prevista a abertura de 650 empregos diretos e 300 indiretos durante o pico das obras.
  • A previsão é de que as obras sejam iniciadas este ano.
  • Serão necessários engenheiros, técnicos e funções ligadas à construção civil, a exemplo de engenheiro civil, engenheiro eletricista, técnico em elétrica, técnico em edificações, pedreiro, auxiliar e outros.

Operação

  • A expectativa é que a unidade inicie a fase de operação em um prazo de três anos.
  • Quando o Porto entrar em atividade com a sua capacidade máxima, estão estimadas 640 oportunidades diretas e outras mil indiretas.
  • Os profissionais que serão contratados estão nas áreas de logística de transporte e armazém.

Seleção

  • As informações sobre as vagas e detalhes do processo de seleção serão divulgados posteriormente.

Localizado na rodovia ES-010, em  Aracruz, o porto da Imetame ficará ao lado do estaleiro Jurong,  a três  quilômetros da Estrada de Ferro Vitória a Minas. (Foto: Reprodução/ Jornal A Tribuna)
Localizado na rodovia ES-010, em Aracruz, o porto da Imetame ficará ao lado do estaleiro Jurong, a três quilômetros da Estrada de Ferro Vitória a Minas. (Foto: Reprodução/ Jornal A Tribuna)
Localização

  • Localizada na ES-010, em Aracruz, no Norte do Estado, a Imetame Logística Porto está a três quilômetros da Estrada de Ferro Vitória a Minas – EFVM e contará com um ramal e pera ferroviária (pátio em formato circular que possibilita o transbordo da carga sem a necessidade de desmembrar o trem) de alta produtividade, além da proximidade com o aeroporto de Vitória.
  • O empreendimento está situado a 45 km da área da Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste) e próximo a uma área de 5 milhões de metros quadrados disponível para implantação de uma plataforma logística e industrial.

Projeção da retroárea do porto da Imetame, que vai movimentar cargas gerais e contêineres, uma das principais necessidades logísticas do Espírito Santo (Foto: Imetame)
Projeção da retroárea do porto da Imetame, que vai movimentar cargas gerais e contêineres, uma das principais necessidades logísticas do Espírito Santo (Foto: Imetame)

O empreendimento

  • o Porto da Imetame irá atender diversos setores produtivos com serviços de apoio à importação e à exportação de cargas, como também embarque e desembarque de contêineres, cargas gerais, grãos e granéis líquidos.
  • Além disso, toda a programação será eletrônica, desenhada para uma operação 100% automatizada e apta para a próxima geração de navios do Brasil.
  • O empreendimento possui mais de 1 milhão de metros quadrados de área total e contará com infraestrutura inicial para movimentar 300 mil TEUs por ano, com capacidade para expansão de movimentação para mais de 1 milhão de TEUs (uma unidade equivalente a 20 Pés, sendo uma medida-padrão utilizada para calcular o volume de um contêiner. Um TEU representa a capacidade de carga de um contêiner marítimo normal, de 20 pés de comprimento, por 8 de largura e 8 de altura).

Profundidade

  • Com profundidade de 17 metros, será uma opção operacional para as linhas de longo curso que operam com navios de grande porte no Brasil, e também estará preparado para atender a próxima geração de navios conteineiros, New Post Panamax.
  • Poderá receber navios tipo Suezmax nas operações de combustível, BabyCape – agronegócio e navios com LOA (comprimento máximo de um navio) de 366 metros de comprimento.
  • A profundidade do Porto permitirá que navio de contêineres possa entrar e sair totalmente carregados se comparado a outros portos do País.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados