search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Congresso avalia prorrogar mandatos municipais
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Congresso avalia prorrogar mandatos municipais

Sem ter muito o que fazer, deputados e senadores do “Centrão”, que ganhou peso e virou “Blocão” de 351 integrantes só na Câmara, nutrem ideia de cancelar as eleições municipais previstas para outubro e prorrogar o mandato dos atuais prefeitos.

Parlamentares que participam do movimento, que ainda se encontra na categoria “fogo de monturo”, alegam que a crise do coronavírus inviabiliza a campanha eleitoral.

PEC já tramita

O “Blocão” pode aproveitar a PEC 56, de maio de 2019, que prorroga os mandatos municipais por dois anos para unificar as eleições no País.

PEC da alegria

A proposta, que faz a alegria de prefeitos e vereadores, é de autoria do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC).

Sem clima

O movimento para prorrogar os mandatos dos prefeitos e vereadores alega que, com o Covid-19, não há clima para se manter a eleição.

Comícios, nem pensar

O problema é que campanha eleitoral ainda depende de comícios e “corpo a corpo”, condições proibidas no combate ao coronavírus.

Só uma sorte lotérica livra Bolsonaro da Covid-19

Se der negativo o terceiro exame de coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro deveria jogar na loteria. Ganharia na certa. Ele foi aos Estados Unidos há exatas três semanas, no último dia 7 de março, em visita de trabalho, e retornou com 23 pessoas infectadas em algum momento. Quase todas convivem com Bolsonaro no dia a dia, muito chegados, inclusive o chefe da sua ajudância de ordem, tão próximo quanto um membro da família.

Perigo está ao lado

General Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil )
General Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil )
Além do ajudante de ordens, major Cid, o teste positivo do general Augusto Heleno (foto), GSI) mostra a proximidade do vírus ao Presidente.

Momentos diferentes

Os oito dias entre o caso de Fábio Wajngarten (Secom) e os da última sexta-feira, podem indicar contágios da comitiva em dias e origens diferentes.

Prova de amor

Durante coletiva, ele ironizou a cobrança de uma “prova” de que não está infectado: “Eu sei que vocês me amam, estão preocupados comigo”.

Band bateu forte

Repercutiu muito, sobretudo entre diplomatas, o editorial do Grupo Bandeirantes criticando o deputado Eduardo Bolsonaro (“irresponsável”), no incidente com o embaixador da China, e chamando o ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) de “idiota” e de “chanceler inepto”.

Esperança reforçada

O médico Claudio Lottenberg, presidente do conselho do Hospital Albert Einstein, confirmou que o medicamento cloroquina tem efeito positivo contra o coronavírus. Mas só deve ser usado sob prescrição médica.

Mau-caratismo

Em meio a tanto medo do coronavírus, pessoas más têm espalhado nas redes sociais decretos “fake” sobre toque de recolher ou proibição para pessoas acima dos 60 anos de circularem nas cidades. Que horror.

Notícia boa

O caso do deputado Cezinha (SP), que testou positivo para a Covid-19, levou a uma testagem em massa de todos os familiares, funcionários do gabinete e da liderança do PSD. Nenhum deles contraiu o coronavírus.

Bom senso

O Conselho Federal de Contabilidade enviou ofício à Receita para adiar prazos para cumprir “obrigações acessórias” como Imposto de Renda. Nos EUA, o prazo foi alongado por 90 dias devido ao coronavírus.

Parada total

O coronavírus vai deixar muita gente a pé. BMW, Caoa Chery, Citroën, Chevrolet, Honda, Jeep, Mercedes, Peugeot, Renault, Scania, Toyota, Fiat, Ford, Volkswagen e Volvo Caminhões suspenderam a produção.

Escândalos de março

Agora é coronavírus, mas há cinco anos, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, virava réu. Há 10 anos, era o auge da Caixa de Pandora no DF. Há 15 anos, o petista Lula demitia Amir Lando da Previdência.

Pensando bem...

...uma gripezinha lembra muito uma marolinha.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro isola o DEM e procura quem tem votos

O presidente Jair Bolsonaro cansou de apostar na relação com os presidentes da Câmara e do Senado, a cujo partido entregou o controle de ministérios importantes, como Saúde e Cidadania, mas, apesar …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Mandetta reduz o tom tentando não ser demitido

O ainda ministro da Saúde adotou uma atitude moderada, no fim da tarde de ontem, no Planalto, na tentativa de conservar o emprego. Mas, por via das dúvidas, deu aparência de prestação de contas à sua …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro tem três opções para o lugar de Mandetta

Luiz Henrique Mandetta estava adorando tudo isso. Alçado a liderança política nacional, elogiado pela oposição, o ministro da Saúde se sentia à vontade até para ignorar as opiniões, mesmo toscas, do …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Chance de perder o emprego é baixa para 61,5%

Pesquisa Diário do Poder/Orbis, que aferiu a percepção dos brasileiros sobre os efeitos da pandemia da Covid19 na economia, revela um inesperado otimismo: os entrevistados consideram “muito baixa” …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Exclusivo: 67% do País estão “muito preocupados”

"Médico não abandona paciente” Ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) desapontando quem torcia por sua demissão Exclusivo: 67% do País estão “muito preocupados” Levantamento exclusivo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Coronavírus: governo é o poder mais bem avaliado

Levantamento exclusivo Diário do Poder/Orbis revela que apesar de todas as controvérsias, a maior parte (38,3%) dos entrevistados atribui ao governo o trabalho mais efetivo no combate ao coronavírus, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Área pública impõe sacrifícios, e se finge de morta

Representado pelos Três Poderes, o setor público cria leis e decretos e só comunica ao setor privado, que o sustenta, quanto vai custar a crise em empregos suprimidos e empresas quebradas. Inventam …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Reprovação de 52% fez Bolsonaro mudar atitude

A população está muito insatisfeita com a conduta de Jair Bolsonaro no enfrentamento do coronavírus, como mostram pesquisas devastadoras, daí a sua decisão de melhorar o discurso. Ele agora …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Exclusivo: “isolamento social” tem apoio de 81,1%

Levantamento exclusivo encomendado pelo site Diário do Poder à Orbis Pesquisa sobre as consequências da pandemia do coronavírus, mostra que 81,1% dos entrevistados dizem ser favoráveis ao “isolamento …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Mandetta gera ciúmes e governo altera estratégia

A crise do coronavírus acabou por revelar, por seu protagonismo, a nova liderança política nacional do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde), cujo nome já supera outros bolsonaristas, como o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados