Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Exército vai contratar 522 profissionais para obras de infraestrutura

| 08/06/2020 10:47 h

O Exército vai contratar temporariamente 522 profissionais de diversas áreas para trabalhar em obras de infraestrutura. Portaria publicada nesta segunda-feira (8) no Diário Oficial da União (DOU) diz que os profissionais serão contratados por meio de processo seletivo simplificado ou mediante a análise de curriculum vitae, quando couber, para atuar em projetos no âmbito do Comando do Exército.

Segundo a portaria, serão selecionados profissionais como arquitetos, geólogos, contadores, técnicos em carpintaria, eletricidade e telecomunicações, entre outros, para trabalhar em atividades relacionadas a projetos e obras de engenharia de construção, obras públicas de infraestrutura, atividades de mapeamento cartográfico terrestre, ações de logística e implantação de projetos estratégicos.

Exército: militares vão atuar nas barreiras na Grande Vitória com a missão de impedir a propagação da Covid-19
Exército: militares vão atuar nas barreiras na Grande Vitória com a missão de impedir a propagação da Covid-19 |  Foto: Fábio Nunes/ AT/ 23/01/2020

As contratações foram autorizadas pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo Silva, e pelo secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, do Ministério da Economia, Paulo Spencer Uebel, com a justificativa que as contratações irão atender "necessidade temporária de excepcional interesse público".

As despesas com as contratações correrão à conta de dotações orçamentárias do Ministério da Defesa. Segundo a portaria, o edital de abertura das inscrições deverá prever o número de vagas, a área de atuação, a descrição das atribuições, a remuneração e o prazo de duração dos contratos.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS