Login

Atualize seus dados

Concursos

Concurso mais esperado do ano pode ter até 80 mil candidatos

12/08/2021 15:38:50 min. de leitura

Durante cerimônia sobre a reestruturação das Forças de Segurança do Estado, o governador Renato Casagrande anunciou novo concurso com 671 vagas para a Polícia Militar.

Serão ofertadas no concurso 560 vagas para praças combatentes, 20 para oficiais médicos, 20 para oficiais dentistas, 5 para oficiais farmacêuticos/bioquímicos, 2 para oficiais médicos veterinários, 10 para oficiais enfermeiros, 30 para praças especialistas da saúde, 2 para oficiais músicos e 22 para praças músicos.

As remunerações variam entre R$ 3.388 e R$ 8.597, de acordo com o posto. Entretanto, os servidores da PM-ES têm reajuste salarial já aprovado, e a remuneração chegará a R$ 9.399 no próximo ano, no caso dos oficiais (1º tenente).

Imagem ilustrativa da imagem Concurso mais esperado do ano pode ter até 80 mil candidatos
Policiais militares em operação: 671 vagas e salário de até R$ 9.399 Foto: Dayana Souza - 11/03/2019
Segundo especialistas, a seleção é uma das mais aguardadas pelos candidatos, e deve atrair mais concorrentes do que o último concurso da PM-ES, em 2018, que contou com 49 mil inscritos, concorrendo a 417 vagas iniciais.

“Calculo mais de 80 mil inscritos. Não é exagero, primeiro pela condição do País, o desemprego, pela atratividade do número de vagas e quantidade de jovens que se inseriram agora no mundo dos concursos”, disse o diretor do Q&C Concursos, José Quirino.

Ainda de acordo com Quirino, apesar de não ser possível saber se o edital terá mudanças em relação à última seleção, os candidatos podem se dedicar desde já a disciplinas-chave.

“Algumas coisas não vão mudar, como Português e Matemática. Quanto às questões mais específicas, pode deixar para estudar com o edital em mãos. Mas é possível basear-se pelas provas anteriores”, aconselhou Quirino.

De acordo com a diretora do Centro de Evolução Profissional (CEP), Ivone Goldner, o concurso da PM atrai muitos candidatos por representar uma porta de entrada para o serviço público.

“Tem a limitação de idade, entre 18 e 28 anos, e isso já direciona para um público específico. É um concurso de nível médio, e muitos entram e depois vão fazer Direito, por exemplo, para migrar para outras carreiras”, afirmou.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Alexandre Ramalho, o concurso foi autorizado e agora os trâmites vão seguir para aprovação na Assembleia Legislativa, com posterior elaboração do edital.

Especialistas alertam para mudança nas provas

Os candidatos que pretendem ingressar na Polícia Militar devem ficar atentos a possíveis mudanças no formato das provas.

A diretora do CEP, Ivone Goldner, lembrou que o Corpo de Bombeiros do Estado, que anunciou concurso com 80 vagas para soldados, revelou que também irá mudar o formato de prova, cobrando apenas conteúdos do ensino médio.

“Eu acredito que há uma chance de a Polícia Militar copiar essa proposta dos Bombeiros. Mas, por enquanto, não temos nada definido. Por isso os candidatos devem começar por Português e Matemática, que caíram no último concurso”, disse.

O professor de Matemática Plínio Santos, o “Gaúcho”, comentou que a mudança tem sido comum, especialmente para concursos para oficiais.

“É uma tendência dos concursos da área, especialmente de Bombeiros, especificamente para oficiais, terem pouca legislação, já que eles têm isso no curso de formação. Já para soldados, o tempo de formação é menor, e por isso podem cobrar mais legislação já na prova”.


SAIBA MAIS


Novo concurso

  • O governador Renato Casagrande anunciou que o Estado terá concurso com 671 vagas para a Polícia Militar.
  • as oportunidades serão para combatentes, Hospital da Polícia Militar (HPM) e a banda da PM.
  • cargos: 560 vagas para praças combatentes, 20 para oficiais médicos, 20 para oficiais dentistas, 5 para oficiais farmacêuticos/bioquímicos, 2 para oficiais médicos veterinários, 10 para oficiais enfermeiros, 30 para praças especialistas da saúde, 2 para oficiais músicos e 22 vagas para praças músicos.

Requisitos

  • Soldado Combatente e soldado músico: ensino médio completo, no mínimo 18 anos de idade na data de matrícula no Curso de Formação e, no máximo, 28 anos de idade no primeiro dia de inscrição no concurso (conforme último edital).
  • oficiais da saúde: formação requerida na área correspondente, registro no conselho da classe profissional, entre outros requisitos.

Salários

  • soldado combatente e músico: atualmente em R$ 3.388.
  • oficiais (1º tenente) da saúde: atualmente R$ 8.597.
  • as carreiras da PM-ES têm plano de reajuste salarial aprovado, que prosseguirá até o fim de 2022.

Etapas

  • o último concurso contou com ao menos sete etapas.
  • a primeira etapa foi de prova objetiva e prova discursiva.
  • a seleção também contou com a realização de Exame de Aptidão Física dos candidatos aprovados e classificados nas etapas anteriores.
  • Exame Psicossomático (avaliação psicológica) para os candidatos aprovados.
  • a seleção ainda teve avaliação de saúde, investigação social e realização do curso de formação.
  • para a área de música, são aplicadas ainda provas práticas.
  • no caso de oficiais da saúde, há ainda avaliação de títulos.
  • As Provas objetivas e de Redação foram aplicadas nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, Nova Venécia, São Mateus, Venda Nova do Imigrante e Vitória.

Conteúdos

  • o último edital cobrou Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos.
  • houve também prova de redação.

Teste de aptidão física

  • o teste de aptidão física contou com exercícios de flexão na barra fixa (masculino e feminino), abdominal remador (masculino e feminino), e corrida 2.800 metros (feminino)/ 3.200 metros (masculino).
  • O Exame de Aptidão Física é de caráter eliminatório, sendo convocados os melhores colocados nas primeiras etapas da seleção.

Curso de formação

  • o Curso de Formação de Soldados Combatentes (CFSd) é etapa eliminatória e classificatória do concurso, o qual considera-se encerrado quando da conclusão das 1.800 horas-aulas previstas.
  • os candidatos aprovados poderão ser distribuídos para realização do curso na Academia de Polícia Militar do Estado do Espírito Santo – Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Pública (APM/ES), bem como nas Unidades Operacionais da Polícia Militar em todo o estado do Espírito Santo, de acordo com a conveniência e a oportunidade da instituição.
  • A critério da Polícia Militar do Estado, o Curso de Formação poderá ser realizado em duas ou mais turmas e em períodos distintos, obedecendo-se, para a divisão e matrícula nas respectivas turmas, a classificação final avaliada na oitava etapa.

Convocações

  • apesar de a última seleção ter ofertado 250 vagas iniciais para soldados, foram convocados para formação um total de 700 policiais, conforme ampliação de vagas autorizada pelo governador.
  • no caso dos oficiais combatentes, o número de vagas também passou de 30 para 80. Posteriormente, houve uma nova ampliação para mais 87 vagas, totalizando 167 oficiais convocados.

Fonte: Governo do Estado e editais anteriores da Polícia Militar do Espírito Santo.