search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Comerciantes de Colatina também manifestam pela reabertura do comércio

Notícias

Coronavírus

Comerciantes de Colatina também manifestam pela reabertura do comércio


Assim como aconteceu em Cachoeiro de Itapemirim e em Rio Bananal, comerciantes de Colatina também fizeram um buzinaço pelas ruas da cidade no início da noite desta quinta-feira (26) pedindo a reabertura do comércio local, fechado na última semana por conta do avanço do coronavírus no Espírito Santo.

Os manifestantes iniciaram o protesto de carro na Avenida Beira-Rio, por volta das 18h30, e rodaram pelo centro do município, entre outras localidades. A manifestação teve duração de uma hora.

Segundo o motorista de aplicativo Werley Gomes da Silva, de 33 anos, o protesto contou com uma média de 100 carros e a principal queixa era contra o decreto do governo de suspender as atividades de todo comércio no Estado.

Para ele, o fechamento do comércio cria desemprego para muitos trabalhadores e também fome para algumas famílias. Werley opina que o ideal seria apenas as pessoas que compõem o grupo de risco ficarem em casa, no isolamento social, neste caso: idosos, asmáticos, pessoas com doenças do coração, fumantes, hipertensos e diabéticos.

“A manifestação contou com muitos carros, todos os participantes pedindo a volta do comércio aqui em Colatina. Está complicado sem o comércio, além do coronavírus, tem desemprego, tem fome, na minha opinião o grupo de risco que realmente tem ficar em casa. Quem precisa trabalhar não pode permanecer sem”, contou Werley.

O decreto do governador Renato Casagrande aconteceu na última sexta-feira (19), quando, na ocasião, ele determinou o fechamento do comércio durante 15 dias, contando desde o último sábado, 20 de março.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados