search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Com ou sem Regina, guerra cultural seguirá
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Com ou sem Regina, guerra cultural seguirá

Bolsonaro e Regina Duarte (Foto: Reprodução)
Bolsonaro e Regina Duarte (Foto: Reprodução)
A demissão de Roberto Alvim e a péssima repercussão do malfadado vídeo com alusões ao nazismo foram um revés para a guerrilha bolsonarista, mas não deverão motivar um cavalo de pau no rumo da política cultural do governo, dizem aliados de Jair Bolsonaro.

Até porque Alvim vinha sendo saudado pelo próprio presidente, celebrado pelo núcleo ideológico e apontado como modelo de gestor para outras áreas do governo. A ordem de preencher cargos na Cultura e na Educação com soldados da causa bolsonarista está mantida, segundo aliados.

Sinais particulares: Roberto Alvim, ex-secretário de Cultura (Foto: Kleber Sales / Estadão)
Sinais particulares: Roberto Alvim, ex-secretário de Cultura (Foto: Kleber Sales / Estadão)
Vaga. É claro que Regina Duarte, se aceitar o convite do Presidente, terá mais autonomia e “bom senso” do que Alvim, dizem esses aliados. Mas o grosso das nomeações de primeiro e segundo escalões continuará nas mãos do clã e de seus influentes conselheiros.

A ver. Apesar da amplitude do caso, foi bem avaliada por diplomatas a rapidez com que Bolsonaro respondeu com a demissão. Acham que não haverá mais grandes repercussões.

Quem manda. Marcelo Álvaro Antônio não participou da decisão do destino de Roberto Alvim. Foi informado, segundo auxiliares, por um ministro palaciano. O ministro do Turismo sequer questionou o veredicto. O caso era “indefensável”, disse um interlocutor.

In. Um dos auxiliares que participaram das conversas em torno da demissão foi Célio Faria Júnior, assessor próximo de Bolsonaro, da ala ideológica conhecida como “gabinete do ódio”.

Solo sagrado. Além da preocupação com a comunidade judaica, a demissão de Alvim foi também uma sinalização ao eleitorado evangélico de Jair Bolsonaro, fortemente ligado a Israel.

Fora do armário. O PSDB não perde mais chances de bater em Bolsonaro e Lula juntos e misturados. Lembrou que o ex-presidente petista disse em entrevista antiga admirar Adolf Hitler.

Fala... João Doria deu assento privilegiado a Orlando Morando (PSDB) na reunião de ontem do secretariado estadual. A escolha do prefeito de São Bernardo, berço do PT, foi simbólica: a região é estratégica para o governador de São Paulo nas eleições municipais.

...que eu escuto. A cada semana um prefeito paulista deverá ser convidado a participar do encontro do primeiro escalão. A ideia do governo é discutir com eles os projetos e as prioridades para suas regiões.

Pero no mucho. No arranjo interno do PT, finalizado ontem, Rui Falcão acabou fora da Secretaria de Relações Internacionais do partido, como era esperado. O deputado e ex-presidente da sigla, que não é próximo a Gleisi Hoffmann, tem posição diferente da cúpula petista a respeito da Venezuela de Nicolás Maduro.

Bate.... O Vetor Brasil reúne na segunda-feira os governadores e agora também “presidenciáveis” Eduardo Leite (PSDB-RS) e Flávio Dino (PCdoB-MA) para uma longa conversa em São Paulo.

...papo. De acordo com a entidade, que pré-seleciona e desenvolve profissionais públicos em parceria com governos de todo o País, a ideia é promover a tolerância política e discutir a importância do diálogo democrático para o aperfeiçoamento da gestão pública.


Pronto, Falei!

Sobre a ação contra Roberto Alvim

"Retrocesso cultural e democrático é proibir. Se alguém comprometer o governo, que o governo o afaste. Mordaça, não”

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Exército “bomba” nas redes com Bolsonaro

Não é só no Palácio do Planalto que o Exército está em alta. Nas redes sociais, arena preferida do bolsonarismo, o desempenho dos fardados “bombou”. Saltou exponencialmente nos últimos três anos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Agronegócio se mobiliza contra ação no Supremo

A perspectiva de que o Supremo possa acolher os argumentos de uma ação direta de inconstitucionalidade que questiona benefícios tributários concedidos aos defensivos agrícolas mobilizou o setor …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Moro: longe da milícia e dentro da polarização

Analistas e políticos experientes não deixaram de observar com atenção os movimentos de Sergio Moro nesta semana em que as mudanças na Esplanada e a agenda das reformas lotaram o noticiário. Numa …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ponto dos militares contra os "olavistas"

O convite ao general Braga Netto para comandar a Casa Civil no lugar de Onyx Lorenzoni preocupa governistas mais pragmáticos e militares de alta patente. Segundo disse à Coluna um general de quatro …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guedes no papel de bombeiro em reunião

A presença de Paulo Guedes no encontro dos governadores foi articulada por Ronaldo Caiado (DEM-GO) diretamente com Onyx Lorenzoni (Casa Civil). O mercurial ministro da Economia chegou à reunião tendo …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Movimento de Huck fará diagnóstico do País

O movimento Agora!, do qual Luciano Huck faz parte, lança em maio um conjunto de diagnósticos e propostas para cinco grandes temas: saúde, educação, segurança pública, meio ambiente e cidades e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Polarização “Vintage” no berço político de Lula

Tucanos e petistas têm tudo para reviver, justamente no berço político de Lula, a polarização que marcou décadas nas eleições do País antes de ser explodida pelo bolsonarismo. Em São Bernardo do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Alcolumbre se inspira em ACM para buscar reeleição no Senado

Em busca de um estratagema capaz de manter Davi Alcolumbre (DEM) no comando do Senado, aliados do atual presidente estudam usar como ponto de partida o precedente aberto por Antônio Carlos Magalhães, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Saúde também sofre com surto de fake news

O Ministério da Saúde atua em várias frentes na crise do coronavírus: além do resgate dos brasileiros na China e do trabalho de prevenção no País, também tem dado duro para combater um outro mal …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Novela tucana caminha para o final na Câmara

Após manobras e reviravoltas dignas dos piores dramalhões mexicanos, a novela da disputa pela liderança da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados, que se arrasta desde o fim do ano passado, caminha …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados