Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista

Tribuna Livre

Imagem do colunista

Negócios para além das fronteiras

20/09/2021 10:17:30 min. de leitura

Há apenas uma década, não era difícil de imaginar que seria possível para uma empresa, inclusive pequenos negócios, ter uma equipe 100% remota, espalhada pelo mundo, interagindo sem perder produtividade, fazendo o negócio expandir com resultados de sucesso.

De fato, algo que parecia impensável, principalmente para as empresas de pequeno porte, tornou-se realidade com a pandemia. Primeiro, a mudança ocorreu por questões de segurança. Mas, em seguida, muitas empresas descobriram que isso poderia abrir portas, transpor todos os limites.

Sim, a pandemia desconstruiu todo esse pensamento limitado de “bater cartão” e quem soube surfar essa onda conseguiu lucrar com a nova realidade.

O cenário imposto pela pandemia provou que outras formas de fazer são possíveis no mercado de trabalho, de forma a gerar menos custos, menos impactos ambientais e melhor qualidade de vida.

Alguns negócios ainda foram além e provaram ser mais rentáveis ainda no novo modelo. Infelizmente, muitos negócios deixaram de existir por falta de adaptação e flexibilidade.

Mas quantos negócios que, com criatividade e inovação, foram transformados em novos postos de geração de trabalho e renda?

Adapte-se ou morra. Essa máxima antiga nunca foi tão atual. A pandemia forçou mudanças e a tecnologia tornou tudo possível.

Dessa forma, novos negócios foram criados gerando novas demandas e novas formas de consumo. E isso em áreas diversas.

Alguns setores tiveram que se reinventar e outros perceberam como estavam defasados, como, por exemplo, a educação tradicional.

As escolas tiveram que se readequar para atender os alunos num formato de ensino 100% remoto. Foi um grande desafio e ficou claro que ninguém estava preparado: instituições, professores, alunos, familiares.

Mas essa experiência trouxe à tona questões que vão mudar completamente a educação daqui por diante.

Apesar das dificuldades, percebemos que o ensino remoto tem muitas vantagens e proporciona aprendizado a qualquer hora, de qualquer lugar.

Muitas escolas de idiomas se transformaram definitivamente em formato remoto. Esse é um exemplo claro de negócio sem limites, sem fronteiras e de sucesso.

Com uma ferramenta é possível dar aulas a distância, de qualquer lugar. O professor está no Brasil, o aluno ou a aluna no Canadá, e ambos interagem e ali o conhecimento acontece.

Essa é uma realidade que também ganhou contornos expressivos em outras áreas, como a telemedicina e a comunicação. Até cultos religiosos são possíveis de serem acompanhados de qualquer lugar e a qualquer tempo tendo um dispositivo e acesso à internet.

Mas, como tudo na vida, existem pontos positivos e negativos como a ausência do contato físico, por exemplo.

As possibilidades em torno disso tudo geram muitos benefícios, como economia de tempo, financeira, novas experiências e um mundo de possibilidades que contam na maioria das vezes com soluções inovadoras e criativas.

Rafaela Andrade é mestre em Comunicação.