Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tribuna Livre

Tribuna Livre

Colunista

Redação A Tribuna

Calendário e emoções a favor da economia e negócios

| 01/07/2022, 10:50 10:50 h | Atualizado em 01/07/2022, 10:49

O impulso emocional é o principal fator decisório para um consumidor no ato de comprar. Pesquisa conduzida pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, constatou que todos os todos os consumidores, em algum momento, cederam à compra por impulso.

O estudo revela que o estado emocional e as características individuais são fundamentais para esclarecer as circunstâncias em que ocorrem as compras por impulso.

Neste cenário influenciado pelas emoções, as datas comemorativas são tradicionalmente utilizadas pelas empresas de varejo para atrair a atenção por meio de promoções e ações temáticas.

Festejos tradicionais como Natal, Dia das Mães, Dias dos Namorados, e a Black Friday, incorporada ao calendário varejista no Brasil, entre outras ocasiões do ano, podem ser utilizados para provocar em seus clientes o desejo de comprar.

Nos últimos anos observou-se mudança no comportamento do consumidor, que busca  valorização das suas experiências de consumo, que fazem da compra um momento a ser aproveitado. 

O mês de julho, conta com uma grande diversidade de datas comemorativas não tradicionais que podem ser utilizadas pelos empreendedores para criar momentos mágicos para seus clientes e, desse modo, alavancar suas vendas.

Dia 07 é comemorado o Dia Internacional do Chocolate, perfeito para aproveitar as tendências do mercado e fazer promoções para os chocólatras de plantão: pesquisa realizada pela Unicamp e UFMG mostrou que 63% dos brasileiros estão comprando mais chocolate desde 2020.

No dia 10, temos outro exemplo de data a ser aproveitada pelo comércio: é o Dia da Pizza, um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros (por ano são consumidas 1 milhão de pizzas no País.

O mercado digital vem crescendo a cada ano e proporciona possibilidades para que o consumidor consuma essas datas comemorativas não-tradicionais e descubra produtos e serviços ligados ao seu estilo de vida, gostos ou necessidades.

Excitados pelas novidades ou apenas porque têm ligação com o tema, eventos como o Dia da Pizza, Dia do Hambúrguer, Dia do Rock ou o Dia dos Solteiros são cases de sucesso de datas criativas que foram adicionados ao calendário dos varejistas e alavancaram suas vendas.

É importante destacar que as grandes datas não perderam seu valor. Na verdade, elas são parte de uma combinação de estratégias, que se somadas contribuem para fortalecer o trabalho da construção da imagem das marcas.

Outra dica, é que as marcas aproveitem também  datas tradicionais para pôr em prática  a capacidade de encantar seus consumidores. Ter um bom atendimento, ouvir o cliente, ter um bom ambiente, com uma boa decoração, são dicas para envolver o cliente em datas tradicionais e fidelizá-lo.

GLAUCIO SIQUEIRA é consultor empreensarial.

MATÉRIAS RELACIONADAS