Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sexo & Saúde

Colunista

Sexo & Saúde

Você sente dor ou desconforto durante a relação sexual?

| 28/02/2021, 12:04 12:04 h | Atualizado em 28/02/2021, 12:07

Sentir desconforto ou dor recorrente durante a relação sexual não é normal. E se não conseguirmos nem ter relação de tanta dor? Se só vai piorando ao longo do tempo? Se está desgastando o relacionamento? Você pode estar sofrendo de vaginismo.

Vaginismo é a dor na hora da relação sexual causada pela contração involuntária dos músculos do assoalho pélvico. Quando ela acontece, em muitos casos, o casal não consegue nem ter penetração. Mas o que pode provocar essa condição? Ela é ocasionada por medo, criação, religiosidade e pelo excesso de estresse, muitas vezes fruto de repetidas vezes que a relação causou dor.

Ainda é comum, nas consultas que realizo, ouvir de mulheres maduras que elas nunca se tocaram, nunca procuraram o prazer sozinhas, sentem culpa ao fazer isso, e esses bloqueios são ótimos gatilhos para que surjam doenças como o vaginismo.

Em números, uma média de 3% a 5% da população feminina sofre desse mal, que tem cura!
Para tratar o vaginismo, o primeiro passo é reconhecer que existe ali uma questão a ser resolvida e que não é frescura.

Sabendo disso, a mulher deve procurar um profissional para avaliar se existem outros motivos que estão atrapalhando a relação para, enfim, ver se a causa é psicológica. Profissionais da minha especialidade, a sexologia, são os mais indicados para trabalhar e resolver o problema. O tratamento é individual, afinal, a causa também é diferente de mulher para mulher.

No geral, podem ser realizados exercícios para relaxar a musculatura, técnicas de respiração, uso de dilatadores, terapia, entre outras possibilidades. A duração do tratamento não é certa mas o que eu sempre falo é que tem jeito e que só depende de você para dar certo.

Você conhece alguém que já passou por alguma situação assim? Procurar ajuda é fundamental paro o sucesso do tratamento. Se precisar de ajuda ou avaliação, agende uma consulta. Como anda seu prazer na cama? É importante batalhar por ele. O sexo só é bom quando ambas as partes ficam satisfeitas!

MATÉRIAS RELACIONADAS