Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sexo & Saúde

Sexo & Saúde

Colunista

Lorena Baldotto

“Tenho vergonha da minha genitália. O que fazer?”

| 31/07/2022, 11:15 11:15 h | Atualizado em 31/07/2022, 11:16

Olá maravilhosas! Gente, isso é mais comum do que se imagina. Recebo essa queixa dia sim, dia também aqui no consultório e nas minhas mídias sociais. Muitas mulheres se travam e até evitam o sexo por se sentirem inseguras com o seu órgão genital. 

Acham feia, assimétrica, grande, gordinha, flácida, e por ai vai! 

São vários os fatores que podem provocar essa insegurança, mas isso tudo tem como corrigir, sabia? E olha eu não estou falando apenas de cirurgia. 

Hoje temos diversos tratamentos para corrigir problemas relacionados à estética feminina. Até mesmo algumas assimetrias podem ser tratadas com preenchedores. 

O bom da cirugia é que muitas podem ser feitas no próprio consultório. A anestesia geralmente é no local que vai ser operado, mas em alguns casos, um pouco mais invasivos, optamos pela anestesia em centro cirúrgico, a mesma que é utilizada na cesárea.

Assim como todo pós cirúrgico  tem a parte chatinha, que são   os primeiros dias  os quais têm mais inchaço e incomodo. 

Porém, se baseando na experiência das minhas pacientes, não é nenhuma superdor como vocês imaginam. Grande parte das pacientes dizem que tiveram um pós-operatório tranquilo, mas claro, faço todo um acompanhamento, cuido de pertinho e observo todo o processo. 

Até todo o procedimento ficar cicatrizadinho eu encontro com vocês toda a semana e aplico alguns protocolos para ajudar ainda mais nessa cicatrização e no resultado. 

Além disso, antes mesmo de operar, já começamos a preparação com algumas reposições de vitaminas e minerais para que você tenha um bom pós e um processo de cicatrização ideal.

Acho importante esse cuidado em todos os protocolos estéticos realizados aqui na clínica. Laser para estimular colágeno, clareamento, rejuvenescimento, tratamento da perda urinária, tratamento intracanal para diminuir a sensação de alargamento e os flatos. 

Tudo que visa estimular o colágeno da pele e melhorar a qualidade de vida da paciente pode ser utilizado como preparação para melhores resultados. 

Até a reposição hormonal da menopausa entra no jogo. A mulher que se cuida tem muito mais sucesso nos procedimentos.

Gostou? Tem vontade de mudar algo em sua região íntima? Se quiser tirar mais alguma dúvida me acham no insta @dra.lorenabaldotto que eu te ajudo!

Beijinhos.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

MATÉRIAS RELACIONADAS