Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sexo & Saúde

Sexo & Saúde

Colunista

Mulheres, não finjam o orgasmo!

| 30/05/2020, 08:51 08:51 h | Atualizado em 30/05/2020, 08:59

Lorena Baldotto
Lorena Baldotto |  Foto: Divulgação
Olá queridos leitores! O tema de hoje é importantíssimo para a saúde sexual, que é o orgasmo, a tão desejada sensação de prazer intenso e relaxamento.

Então vamos lá, você sabe por que as mulheres não devem fingir o orgasmo? Quando ela finge o orgasmo, além de dar a impressão que seu parceiro está arrasando, coisa que não é tão verdade, a saúde sexual dela fica impactada.

Ela começa a fingir e o sexo começa a ficar mecânico, ela passa a fazer por obrigação e não por prazer, e isso vai impactar no futuro do relacionamento, pois vai perdendo o interesse pelo parceiro.

O subconsciente da mulher que finge o orgasmo vai entender que ela não consegue chegar lá e, aí, até mesmo em outros relacionamentos, passada a excitação do início da relação, ela não vai conseguir chegar lá e vai sempre acreditar que a culpa é do parceiro.

Pesquisas já revelaram que, em média, 60% das mulheres fingem o orgasmo. O fato é que independentemente do número de mulheres que estão fingindo, sabemos que ele é alto e para a relação sexual ser prazerosa é importante que todas as etapas sejam vivenciadas.

Uma primeira dica é que a mulher deve começar a explorar o próprio corpo com a masturbação para entender o que mais gosta na hora do sexo e compreender de que forma sente mais prazer. Além disso, quando se consegue ter um orgasmo sozinha, é mais fácil sentir o mesmo durante uma relação a dois.

Dar uma voltinha nos sex shops também é uma ótima opção. Que tal comprar um estimulador de clitóris? Essa é a forma mais fácil de chegar ao prazer, já que o órgão tem mais de 8 mil terminações nervosas.

Não existe uma receita de como chegar ao ápice do prazer, já que para cada mulher funciona de uma forma.

É necessário investir tempo de qualidade na relação sexual e também se conhecer. Esses são fatores fundamentais para garantir uma saúde sexual plena.

E você, que tal participar e sugerir temas para tratarmos aqui na coluna? Meu e-mail é o [email protected] e o instagram é @lorenabaldotto

MATÉRIAS RELACIONADAS