Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sexo & Saúde

Sexo & Saúde

Colunista

Lorena Baldotto*

Meu marido não me procura mais. Disse que está “cansado”

Diagnóstico é o primeiro passo para você resgatar uma vida sexual saudável, prazerosa, além de ter mais energia e disposição para a sua rotina

Lorena Baldotto* | 08/05/2022, 09:33 09:33 h | Atualizado em 08/05/2022, 09:33

Foi exatamente isso que eu ouvi durante a realização do protocolo terapêutico de um casal. Esse é um problema comum que estou acostumada a tratar dentro do consultório. 

Confirmei que o paciente realmente estava com os níveis hormonais baixos, e aí passei um medicamento e mandei ele retornar dentro de 30 dias, certo?

Errado! Quem me acompanha sabe que é preciso ter um olhar mais aprofundado, e que meus protocolos vão muito além da sexualidade ou ginecologia. Eu sempre analiso o metabolismo de cada paciente por completo, pois encontrar a real raiz do problema é encontrar meios de tentar e eliminá-la.

E aí é que vem a “cereja do bolo”. Analisando o paciente, identifiquei dificuldade de comunicação do casal, sobrecarga de trabalho, dificuldade de dormir e problemas intestinais que, por si só, já poderiam ser a causa do problema. 

Por alguns destes motivos resolvi pedir uma bateria de exames para confirmar a algumas suspeita que tive na primeira consulta. E não deu outra:  a sobrecarga era tamanha que nos exames laboratoriais a falta de libido estava, na verdade, mascarando alterações metabólicas graves. 

Colesterol alto, triglicerídeos nas alturas, marcadores de inflamação lá em cima. Esse moço de pouco mais de 35 anos poderia infartar.

Talvez você tenha ficado chocado com a conclusão desse relato, mas se tem uma coisa que eu aprendi ao longo de mais de dez anos de experiência é que o nosso metabolismo é uma coisa só. Quando ele está em equilíbrio,   temos mais disposição, energia, saúde e, da mesma forma, acontece ao contrário. 

Diversos problemas surgem e refletem por todo o corpo, e a baixa libido pode ser apenas um deles. Por isso, é importante cuidar do corpo e da mente.

Te convido a refletir sobre seus hábitos e possíveis sinais que o seu corpo pode estar dando para indicar algum problema, e que talvez você esteja ignorando. 

O diagnóstico é o primeiro passo para você resgatar uma vida sexual saudável, prazerosa, além de ter mais energia e disposição para a sua rotina.

Se isso está acontecendo no seu relacionamento, não deixe de procurar ajuda! 

*LORENA BALDOTTO é ginecologista e sexóloga

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

MATÉRIAS RELACIONADAS