Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sexo & Saúde

Sexo & Saúde

Colunista

Lorena Baldotto

É normal ter corrimento?

| 21/03/2021, 12:10 12:10 h | Atualizado em 21/03/2021, 12:38

Você já se perguntou se ter corrimento é normal? Sim, né? Acertei? Toda mulher acaba se fazendo essa pergunta alguma vez na vida. E a resposta é bem simples: é sim! Desde que o corrimento não tenha algumas características como cor ou odor forte ou que estejam associados a dor, coceira, edema, sangramento ou febre. Se apresentar algumas dessas características, corre para o médico porque aí pode ter algo errado, sim!

Vou falar um pouquinho sobre os corrimentos mais comuns agora, atenção, viu?! Se o corrimento for esbranquiçado ou transparente, com um cheiro que não é forte e é bem característico, está tudo bem!

Ele é constituído principalmente por muco, células mortas e micro-organismos protetores da flora vaginal.

Agora, caso ele seja branco e espesso, acompanhado de outros sintomas como coceira, vermelhidão e sensação de queimação na região da vulva e da vagina, pode ser sinal de candidíase.

Aí é preciso ir ao ginecologista, mas o problema é simples e fácil de ser tratado e pode acontecer, inclusive, com crianças.

Se o corrimento for amarelo, acinzentado ou amarelo-esverdeado, com cheiro forte semelhante a peixe, normalmente associado à dor e à sensação de queimação durante a relação sexual ou ao urinar, pode significar tricomoníase, uma infecção vaginal que é sexualmente transmissível.

Esses sintomas também podem acontecer em infecções polimicrobianas da vagina, como é o caso da vaginose bacteriana.

Também é interessante ir ao médico, pois serão necessários medicamentos para tratar o problema, ok?

Se o corrimento for purulento, associado à dor e ardor ao urinar, este pode estar relacionado à gonorreia ou à clamídia, doenças que também podem ser transmitidas sexualmente e que precisam ser tratadas.

Portanto, caso você note algo incomum no seu corrimento, procure o médico de sua confiança e faça tratamento. Sua saúde deve estar sempre em primeiro lugar! Gostou? Salve para consultar sempre que precisar.

E tendo mais alguma dúvida me procura lá no meu insta @dra.lorenabaldotto.sexologa.

MATÉRIAS RELACIONADAS