Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Religião

Religião

Colunista

Redação A Tribuna

Ato público na abertura da Campanha da Fraternidade

Jornal A Tribuna | 22/02/2022, 10:39 10:39 h | Atualizado em 22/02/2022, 10:41

A Arquidiocese de Vitória promove no próximo dia 6 de março a abertura da Campanha da Fraternidade 2022, que tem como tema a Educação.

Um ato público marcará o evento e terá início às 15h, na orla da Praia de Camburi, próximo ao Quiosque 3. Após o encontro no local, todos seguirão em uma “Via -Sacra da Educação” até a Universidade Federal do Espírito Santo, onde será o encerramento.

Com o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor”, essa será a segunda vez que a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) escolhe a educação como tema da campanha, sendo que a primeira vez foi em 1998.

Deverão participar do evento fóruns da sociedade civil, coletivos juvenis e estudantis, movimentos populares e do campo e centrais sindicais.

Imagem ilustrativa da imagem Ato público na abertura da Campanha da Fraternidade
Padre Kelder Brandão |  Foto: Foto: Douglas Schneider/AT

Segundo o padre Kelder Brandão, vigário para Ação Social, Política e Ecumênica, o foco principal da campanha será a defesa da educação em diversos âmbitos, iluminando-a com a Palavra de Deus para encontrar e redescobrir meios eficazes de fazer com que ninguém seja excluído de um caminho educativo.

A organização ainda destaca a necessidade de que todos sigam com atenção os protocolos sanitários necessários para proteção contra o coronavírus.

Doações

A Igreja também está realizando uma ação para arrecadar kits de materiais escolares, que serão destinados às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas pela Pastoral da Criança.

SUGERIMOS PARA VOCÊ: