Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Papo de Família

Papo de Família

Colunista

Cláudio Miranda

Superando as perdas

| 26/02/2022, 10:12 10:12 h | Atualizado em 26/02/2022, 10:13

É comum acontecerem perdas na nossa vida e nos relacionamentos que temos. Há a perda de alguém querido que morre, ou a perda do emprego. Existem as perdas materiais, financeiras e o afastamento de   um amigo ou familiar que deixa de falar por algum motivo.

Há também a perda de um amor que acabou. As perdas fazem parte da nossa vida e precisamos saber lidar com elas.  A dor que sentimos nessas situações nos ensina muito. Você já passou por alguma situação dessas? Qual perda mais impactou sua vida?

Toda dor desencadeia um processo de luto, que será vivido de forma diferente por cada pessoa. Cada um terá o seu tempo próprio na superação do trauma. Há pessoas que gostam de dizer que a dor dela é maior, que ela sofreu ou sofre muito mais que todos. 

Não há dor maior ou menor. Dor não se mede, cada um a sente de uma forma. Dor é dor. A dor que dói mais é a dor que está doendo no momento, e ela sempre pode ser tratada e superada.

Quanto mais apegado você for a uma situação, mais tempo o problema levará para se diluir. Indivíduos com baixa tolerância à frustração são os que mais sofrem nessas situações.  

Há perdas que nos trazem ganhos no futuro. Por exemplo, perder uma amizade ou um relacionamento em que você era abusado ou explorado por aquela pessoa. Isso é será libertador para você. Na vida, teremos sempre perdas e ganhos. 

O tempo é uma das boas formas de curarmos nossas feridas. Ele nos dá a capacidade de superar e nos readaptar à nova condição.  

A seguir, três sugestões de como superar a dor da perda:

1 – Busque novas amizades. Descubra seu potencial e   sua capacidade de superação.  Não fique refém emocionalmente de ninguém. Estabeleça um bom vínculo de comunicação e de relacionamento com outras pessoas.   

2 – Faça meditação. Meditar te proporcionará outra forma de ver o mundo e te permitirá se conhecer melhor. Você se tornará uma pessoa mais equilibrada emocionalmente e com melhor autoestima.  

3 – Perdoe a quem possa ter feito você sofrer. Se ele resolveu sair de sua vida, certamente teve seus motivos.  Ele também tem seus dramas e problemas a serem superados. Nem sempre se fere alguém intencionalmente. Com o tempo, a nossa reatividade diminui e passamos a desfrutar de mais alegria e de contentamento porque nascemos para fazer o mundo cada vez melhor.

Seu limite gratuito de 15 matérias bloqueadas acabou...
Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos:
Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

MATÉRIAS RELACIONADAS